MLS investiga contratação de Matuidi pelo Inter Miami, time de David Beckham

Segundo a ESPN americana, a liga investiga se o jogador recebeu algum dinheiro extra pelo acerto

por Agência Estado

Campinas, SP, 06 - A Major League Soccer (MLS), entidade responsável pela organização do futebol profissional dos Estados Unidos, iniciou uma investigação formal sobre a contratação do volante Blaise Mautidi pelo Inter Miami, junto à Juventus, da Itália. A equipe norte-americana tem como um dos proprietários o ex-jogador inglês David Beckham.

O francês de 33 anos foi adquirido de forma gratuita após sua saída da Juventus. A organização norte-americana, em comunicado oficial, disse que "começou uma revisão oficial da contratação do meia Blaise Matuidi pelo Inter Miami FC, investigando especialmente se o acordo está dentro dos padrões salariais da liga como também as diretrizes de escalação."

Em resposta, o clube afirmou que tomou conhecimento das investigações da MLS e que espera contribuir prontamente para que todas as questões sejam esclarecidas e que o caso seja resolvido. A polêmica circula ao redor do uso de valores designados a contratações locais, e não como um "jogador designado", algo que seria esperado por um atleta de renome como Matuidi, com títulos importantes pela Juventus e pelo Paris Saint-Germain, além de ter no currículo a conquista da Copa do Mundo com a seleção francesa, em 2018.

Jogador chegou na MLS de graça após sair da Juventus
Jogador chegou na MLS de graça após sair da Juventus
De acordo com as regras da MLS de 2020, Matuidi deveria receber um salário que pode variar entre 612.500 dólares (aproximadamente R$ 3.485.000,00) e, no máximo, 1.612.500 dólares (aproximadamente R$ 9.170.000,00).

Segundo a ESPN americana, a liga investiga se o jogador recebeu algum dinheiro extra, com o consentimento do Inter Miami FC, como adição do que é especificado no contrato. "Há preocupações de que Matuidi tenha recebido dinheiro a mais", declarou uma fonte à emissora.