Presidente do Atlético-GO critica Cristóvão: "Lá na frente ia ter um grande problema"

"Preciso de um profissional que tire o máximo e não um que deixa a vida me levar, vida leva eu"

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 26 (AFI) - Sem papas na língua, Adson Batista, presidente do Atlético-GO, arrebentou com o trabalho de Cristóvão Borges. O técnico ficou apenas um mês no Dragão e sofreu apenas uma derrota em sete jogos. Nem isso foi o suficiente para manter o ex-comandante de Vasco, Fluminense, Flamengo, Bahia, Athletico-PR e Corinthians empregado.

"O Atlético-GO está demitindo porque entendeu que lá na frente ia ter um grande problema. Deixei isso claro para o Cristóvão. O melhor diploma é o do dia a dia, seu felling, seu dom para fazer as coisas", disse o mandatário totalmente contrário ao conceito imposto por Cristóvão.

"O Cristóvão não enxerga o fisiologista da forma que precisa. Outras coisas eu não vou expor aqui. É um cara do bem, mas que não abre mão dos conceitos dele. Vou respeitar, mas tenho o direito de buscar um perfil diferente".

Críticas e mais críticas. (Foto: Paulo Marcos)
Críticas e mais críticas. (Foto: Paulo Marcos)

QUEM É O CULPADO?
Adson Batista e sua diretoria seguem atrás de um novo comandante. O presidente, no entanto, mostrou como é que o clube busca treinadores. Apenas na base da conversa. Não por acaso, precisou demitir um técnico com 30 dias de trabalho.

"Você só conhece o profissional no dia a dia. As informações são muito por amizade. Ele tem perfil tranquilo, que não é de ter cobrança firme, de estar pegando o jogador a todo momento e buscando tirar o máximo. Leva os caras de uma maneira muito light. Eu enxergo diferente. Quero intensidade em todos os sentidos. Preciso de um profissional que tire o máximo e não um que "deixa a vida me levar, vida leva eu"", comentou.

O Atlético voltará a campo no sábado em duelo pela liderança contra o Jaraguá, às 16 horas, em Goiânia, pela oitava rodada do Goianão. O Jaraguá lidera a classificação geral com 16 pontos, dois a mais do que o Dragão.