Time da Arábia Saudita tenta tirar técnico badalado do Brasileirão

Sampaoli, no entanto, deixou clara a sua vontade de permanecer no Atlético-MG

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 26 (AFI) - Os técnicos do Campeonato Brasileiro voltaram à mira de times do exterior. O Al Nassr, da Arábia Saudita, foi com 'sede' tentando tirar Jorge Sampaoli, do Atlético Mineiro. No entanto, a multa rescisória e a vontade do treinador em cumprir seu contrato pesaram contra.

A multa, bilateral, é de R$ 16,6 milhões. Ao saber do valor, o Al Nassr recuou em fazer uma proposta oficial para Jorge Sampaoli. Vale lembrar que Rui Vitória ainda segue no comando do clube, mas, segundo a imprensa árabe, muito ameaçado.

Sampaoli permanecerá no Atlético
Sampaoli permanecerá no Atlético
Além de Sampaoli, outro brasileiro cotado na equipe é Vanderlei Luxemburgo, que recentemente foi demitido do Palmeiras. No entanto, dificilmente o 'pofexô' deixaria o Brasil para se aventurar na Arábia Saudita no momento.

NO GALO!
Enquanto isso, Sampaoli segue badalado no Atlético Mineiro, apesar do clube viver seu pior momento no Campeonato Brasileiro.

O Galo não vence há três jogos e ocupa a terceira posição, com 32 pontos, três dos líderes Internacional e Flamengo, mas com um jogo a menos.