Líderes do elenco lamentam resultado do Athletico-PR: "Muito para corrigir"

O time brasileir vencia o Peñarol, mas sofreu a virada e perdeu a liderança do Grupo C da Libertadores

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 20 (AFI) – Poupando os titulares, o Athletico-PR fez um jogo ruim no Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu, no Uruguai, e perdeu por 3 a 2 para o Peñarol, deixando escapar a liderança do Grupo C na Libertadores.

Após a partida, o experiente Lucho González, que fez um dos gols do Athletico, lamentou a postura da equipe, que não conseguiu segurar o resultado que garantiria a liderança, e deixou que o adversário virasse a partida no segundo tempo.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
“Fizemos um bom jogo, mas cometemos erros que nos complicaram. Estamos classificados, o empate nos garantia a primeira colocação. Ainda há muita coisa para corrigir”, lamentou.

O técnico Eduardo Barros também se mostrou insatisfeito com o resultado, mas justificou a opção por poupar os titulares, mesmo sabendo dos riscos de perder a classificação como líder da chave.

“A derrota nunca é um resultado calculado. Nós precisávamos rodar a equipe, era uma decisão clara em virtude do acúmulo de jogos que nós tínhamos no Campeonato Brasileiro, com pouco intervalo de recuperação entre eles. Neste momento, dada a nossa classificação antecipada na Libertadores, era o momento oportuno para uma nova rodagem e poder descansar os jogadores”, explicou o treinador.