Série B: Sobrinho de Rivaldo estreia como profissional no Avaí

Felipe realizou seu primeiro jogo como profissional diante do Confiança

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 17 (AFI) - O sonho de menino quando começou a jogar futebol em Mogi Mirim, cidade onde nasceu, alimentado pelo tio Rivaldo, que fez sucesso no futebol, atuando na Europa e conquistando o título mundial com a Seleção Brasileira, empolgaram Felipe dos Santos Mosca, o Felipe, 21 anos, lateral direito do Avaí, que fez sua estreia no profissional na última terça-feira (15), diante do Confiança-SE, empate em 2 x 2.

O atleta chegou ao Avaí em 2018, trazido por Diogo Fernandes, depois que fez uma excelente Copa São Paulo de futebol junior, atuando pelo Itapirense. Chegou para nunca mais sair. Preparado pela Base Avaiana, logo adaptado ao grupo, passou a atuar pelo Sub-20 do Leão da Ilha, onde conquistou título e chegou ao profissional este ano, já na pré-temporada.

Depois de atuar na equipe de baixo muitas vezes e estar incorporado ao grupo de Aspirantes (Sub-23), que se prepara para o Brasileiro da categoria, Felipe chamou a atenção de todos, principalmente da comissão técnica. O técnico Geninho, que tem um histórico de lançar atletas que fazem sucesso no futebol, não hesitou em torná-lo titular nesta partida contra o Confiança.

E o desempenho de Felipe foi bastante elogiado por todos, mostrou confiança e a tranquilidade de quem já atua na posição há muito tempo. Inspirado no lateral Daniel Alves, atleta de sucesso na Europa, Felipe sonha em chegar mais longe na carreira. “É um começo importante. Com o apoio dos colegas, da comissão técnica e, principalmente, da minha família. Ontem liguei para a minha mãe, foi uma emoção grande sentir a alegria dela”, disse.

O apelido entre os colegas no Avaí é Badi, que herdou do pai. Seu Badi foi jogador de futebol, nunca chegou a craque, mas foi o grande incentivador do filho. Rivaldo, o tio, casado com uma irmã de seu pai, sempre foi um grande incentivador de sua carreira. É o segundo mais novo de uma família de cinco irmãos.