Santos 1 x 1 Red Bull Bragantino - Empate aos 47'/2T após 22 anos fora da elite!

Marinho abriu o placar para o Santos e Claudinho deixou tudo igual para o Red Bull Bragantino

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 09 (AFI) - O Red Bull Bragantino voltou a disputar o Campeonato Brasileiro após 22 anos e fez bonito. Em plena Vila Belmiro, o clube do interior arrancou empate, por 1 a 1, com o Santos, neste domingo, com direito a gol de Claudinho aos 47 minutos do segundo tempo. Marinho fez o tento para os mandantes.

A volta do Red Bull Bragantino foi respaldada pelos títulos da Série B (2019) e do Troféu do Interior (2020). Já o Santos reestreou o técnico Cuca, substituto de Jesulado Ferreira. O duelo paulista, assim como todos os outros da primeira rodada, teve portões fechados por conta da pandemia do novo coronavírus.

OLHE OS GOLS DO EMPATE NA VILA !

NO QUASE!
O primeiro tempo de Santos e Red Bull Bragantino foi movimentado, mas faltou o gol. Os visitantes chegaram com perigo logo no primeiro minuto de partida. Alerrandro recebeu de Aderlan e mandou de voleio para uma grande defesa de Vladimir.

O goleiro do Santos voltou a trabalhar aos 7 minutos. Weverson mandou um petardo da intermediária, mas Vladimir espalmou. O Santos respondeu só aos 16 minutos. A zaga do Braga falhou e Fabrício Bruno fez pênalti em Kaio Jorge. A penalidade máxima foi confirmada pelo VAR.

Marinho fez o 1º gol do Santos no Brasileirão. (Foto: Divulgação)
Marinho fez o 1º gol do Santos no Brasileirão. (Foto: Divulgação)

ERROU!

Na cobrança, porém, Sánchez errou o alvo e chutou para fora. O pênalti acordou o Peixe que foi atrás do gol. Aos 20 minutos, Marinho recebeu de Soteldo e soltou uma bomba, mas Cleiton conseguiu a defesa.

O Bragantino não se intimidou e tentou aos 22 minutos. Ryller bateu rasteiro, a bola desviou na zaga e assustou Vladimir. A última chance do primeiro tempo foi do Santos. Aos 44 minutos, Soteldo fez boa jogada e mandou para Marinho que tocou para Pará. Ele bateu firme e Cleiton espalmou.

REPETECO?
O segundo tempo começou igual ao primeiro. Logo no início do jogo, antes mesmo do primeiro minuto, Artur soltou o pé e exigiu mais uma boa defesa de Vladimir. O Santos não perdeu a cabeça e manteve seu jogo.

Aos 19 minutos, o Peixe abriu o marcador. Alison tocou para Marinho que puxou para dentro e mandou um petardo se chances para Cleiton. O Santos poderia ter ampliado aos 25 minutos, mas Soteldo errou o alvo mesmo sem goleiro.

Claudinho empatou no final. Foto: Ari Ferreira
Claudinho empatou no final. Foto: Ari Ferreira

OLHA O EMPATE!
O RB Bragantino respondeu aos 28 minutos em cabeçada de Ytalo que passou rente à trave dos mandantes. Aos 37 minutos, Matheus Jesus recebeu de Ytalo e quase empatou o jogo. Se Artur levou perigo aos 46 minutos, Claudinho empatou na sequência.

Aos 47 minutos, após cobrança de escanteio, Claudinho pegou o rebote na entrada da área e chutou de primeira para empatar. O lance gerou muita reclamação do Santos, pois o técnico Cuca havia tentado realizar uma substituição antes da cobrança, mas a arbitragem não autorizou a troca de jogadores.

PRÓXIMOS JOGOS
Na segunda rodada, o Santos visitará o Internacional no Beira-Rio, em Porto Alegre, na quinta-feira, às 19h30. Na quarta, às 19h15, o Red Bull Bragantino receberá o Botafogo no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
1ª rodada
Data
09/08/2020
Horário
16h00
Local
Vila Belmiro - Santos (SP)
Árbitro
Ricardo Marques Ribeiro - MG (CBF)

Assistentes
Felipe Alan Costa de Oliveira - MG (CBF) e Ricardo Junio de Souza - MG (CBF)

Cartões Amarelos
Red Bull Bragantino-SP: Ricardo Ryller

Gols
Santos-SP: Marinho 19' 2T
Red Bull Bragantino-SP: Claudinho 47' 2T
Santos-SP
Vladimir;
Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan;
Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez;
Marinho (Jean Mota), Kaio Jorge (Uribe) e Soteldo.
Técnico: Cuca
Red Bull Bragantino-SP
Cleiton;
Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar;
Ricardo Ryller (Claudinho), Matheus Jesus e Weverson (Robinho);
Morato, Artur e Alerrandro (Ytalo).
Técnico: Felipe Conceição