Guarani 1 x 0 Paraná - Bugrão, finalmente, deixa o Z4!

Com quatro vitórias nos últimos cinco jogos, o Guarani subiu cinco posições neste sábado

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 21 (AFI) - Depois de quatro meses, o Guarani finalmente deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B. Esse feito veio graças a vitória suada sobre o Paraná, por 1 a 0, na manhã deste sábado, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 23ª rodada.

Com a quarta vitória nos últimos cinco jogos, o Guarani chegou aos 25 pontos e subiu cinco posições, aparecendo agora na 15ª colocação. O time paulista não ficava fora da zona da degola desde a quinta rodada. Já o Paraná perdeu uma invencibilidade de seis jogos, estacionou nos 33 e desperdiçou a chance de entrar provisoriamente no G4.

PRIMEIRO TEMPO

Animado com a possibilidade de deixar o Z4, o Guarani começou a partida tendo mais posse de bola e sendo parado por seguidas faltas do Paraná.

A primeira oportunidade, porém, foi criada pelo Tricolor aos seis minutos. Jenison soltou a bomba de fora da área e Klever fez grande defesa.


OUTRO SUSTO

Também de fora da área, Bruno Rodrigues assustou o goleiro bugrino. Aos 16, Bidu cobrou falta, a bola desviou em Jhony Santiago e foi na rede pelo lado de fora. O Paraná abusando das faltas e levou três cartões amarelos seguidos - Jhony Santiago, Luiz Otávio e Bruno Rodrigues.

Até pelo forte calor que fazia na cidade de Campinas, os dois times diminuíram o ritmo nos minutos finais e a partida ficou sem graça, tanto que algumas vaias foram ouvidas no Brinco de Ouro da Princesa.

Guarani deixou o Z4 da Série B com a vitória sobre o Paraná (Foto: David Oliveira/GFC)
Guarani deixou o Z4 da Série B com a vitória sobre o Paraná (Foto: David Oliveira/GFC)
Guarani deixou o Z4 da Série B com a vitória sobre o Paraná (Foto: David Oliveira/GFC)

SEGUNDO TEMPO
Logo no primeiro minuto, Igor Henrique desviou de cabeça e a bola sobrou para Davó abrir o placar.

No entanto, o bandeirinha mineiro, Marcyabo da Silva Vicente, assinalou impedimento do atacante bugrino.

A posição do camisa 10, porém, era legal, já que Eduardo Bauermann dava condições.


OUTRA CHANCE
No contra-ataque, Davó arriscou de fora da área, mas pegou fraco e facilitou a defesa de Thiago Rodrigues. Depois foi a vez de Lucas Crispim finalizar e mandar ao lado do gol. O Guarani ia encurralando o Paraná, que apostava no contra-ataque.

Aos 23, Pimentinha bateu colocado e a bola passou raspando a trave. A pressão bugrina surtiu efeito aos 30. Arthur Rezende recebeu de Lenon na linha de fundo e cruzou na primeira trave. Michel Douglas se antecipou com o pé esquerdo a Eduardo Bauermann e desviou para o gol.

Atrás do placar, o Paraná foi em busca do empate. Leandro Almeida desviou para boa defesa de Klever. Na sequência, João Pedro cruzou e ninguém apareceu para completar.

PRÓXIMOS JOGOS

O Guarani volta a campo na terça-feira, contra o Criciúma, às 19h15, novamente no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, enquanto o Paraná recebe a Ponte Preta, às 19h15 de quarta-feira, na Vila Capanema, em Curitiba. Os jogos são válidos pela 24ª rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
23ª rodada
Data
21/09/2019
Horário
11h00
Local
Brinco de Ouro - Campinas (SP)
Árbitro
Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Renda
R$ 50.889,00
Assistentes
Marcyano da Silva Vicente (MG) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG)

Público
4.805 pagantes
Cartões Amarelos
Guarani-SP: Igor Henrique, Lenon
Paraná-PR: Jhony Santiago, Luiz Otávio, Bruno Rodrigues, Eduardo Bauermann

Gols
Guarani-SP: Michel Douglas 30' 2T
Guarani-SP
Klever;
Lenon, Luiz Gustavo, Diego Giaretta e Bidu;
Deivid, Igor Henrique (Ricardinho), Arthur Rezende e Lucas Crispim (Nando);
Davó e Michel Douglas (Felipe Guedes).
Técnico: Thiago Carpini (interino).
Paraná-PR
Thiago Rodrigues;
Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Leandro Almeida e Guilherme Santos;
Jhony Santiago, Luiz Otávio (Fernando Neto) e João Pedro (Alesson);
Judivan (Pimentinha), Jenison e Bruno Rodrigues.
Técnico: Matheus Costa.