Manaus-AM x Santa Cruz-PE - Diante do líder, Gavião quer voltar a vencer na Série C

Do outro lado, a Cobra Coral tenta conquistar mais um resultado positivo para seguir na ponta do Grupo A

por Agência Futebol Interior

Manaus, AM, 18 (AFI) - Depois de conquistar um empate no último minuto em um jogo cheio de polêmicas contra o Treze-PB, o Manaus-AM vira a página e segue focado em voltar a vencer no Campeonato Brasileiro da Série C. Em partida válida pela sétima rodada, agendada para esse sábado (19), às 19h, o Gavião do Norte recebe o Santa Cruz, na Arena Amazônia. Porém não é nada fácil, já que a Cobra Coral tenta se manter na liderança do Grupo A.

Com 13 pontos somados, o Santa Cruz está isolado na primeira colocação, com um retrospecto de quatro vitórias, um empate e uma derrota em seis jogos. Já o Manaus, que vem de dois empates seguidos, aparece na sétima colocação com sete pontos. A equipe manauara está a dois pontos do G4 e há cinco do Z2. Porém uma vitória neste momento, ainda mais contra um time da parte de cima da tabela é tão importante.

O Santa Cruz encerrou a sua preparação com um treino na tarde desta sexta
O Santa Cruz encerrou a sua preparação com um treino na tarde desta sexta
MANAUS-AM
Para encarar o Santa Cruz, o técnico Luizinho Lopes terá três desfalque importante e duas novidade para escalar o time titular do Manaus. A baixa fica por conta do lateral-esquerdo Wenderson Tsunami, que sofreu lesão de grau 2 no adutor da coxa direita. Dessa forma, ficará de três a quatro semanas fazendo apenas fisioterapia para tratar da questão. Só então, portanto, poderá voltar a treinar com bola ao lado dos demais companheiros. Além dele, o atacante Gabriel Davis e o zagueiro Thiago Spice estão suspensos após levarem o terceiro amarelo.

Por outro lado, enfim o lateral-direito Cesinha está apto para estrear. Contratado no começo do mês, ele só foi inscrito no BID da CBF nesta sexta-feira e poderá aparecer como opção para o decorrer do duelo. Ele chega para suprir a ausência de Igor Carvalho, que precisou passar por uma cirurgia nos dois tendões de Aquiles. Além dele, Luiz Fernando também retorna de suspensão. No mais, a base deve seguir a mesma que vem atuando.

SANTA CRUZ-PE
Apesar de ter alguns desfalques, dentre eles: o zagueiro Célio, o lateral-direito Júnior, o volante Paulinho e o atacante Pipico, o técnico Marcelo Martelotte deu indícios nos treinos da semana que não vai fazer grandes no time do Santa Cruz que começou a partida contra o Remo na rodada passada. O comandante deve manter o esquema com três zagueiros.

A única mudança no setor defensivo será o retorno do lateral-direito Toty, que se recuperou de uma entorse no tornozelo e vem treinando normalmente desde quinta-feira. Sendo assim, ele retorna na vaga que foi de Bileu na última rodada. Por fim, o zagueiro William Alves que está com dores musculares, foi poupado de uma das atividades da semana e ainda é dúvida para o duelo. Caso não tenha condições de jogo, Elivelton e Danny Morais fazem dupla defensiva.

"Na verdade, a tendência é a gente repetir ou, pelo menos, manter a base da equipe. A gente não teve mudança significativa com relação aos jogadores que estão no departamento médico. Então, é muito improvável que a gente mude o nosso comportamento, principalmente porque, de uma maneira ou de outra, a gente teve uma resposta positiva, mesmo tendo dificuldade em algum momento do jogo", disse Martelotte.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
7ª rodada
Data
19/09/2020
Horário
19h00
Local
Arena da Amazônia - Manaus (AM)
Árbitro
Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)

Assistentes
Ruy Cesar Lavarda Ferreira e Marcos dos Santos Brito (MS)

Cartões Amarelos
Manaus-AM: Márcio Passos

Manaus-AM
Jonathan;
Edvan, Luís Fernando, Patrick Borges (Ramon) e Rennan;
Márcio Passos, Janeudo (Rafael Carrilho) e Jandy;
Rodrigo Fumaça, Luizinho (Matheusinho) e Paulinho Simionato (Hamilton).
Técnico: Luizinho Lopes
Santa Cruz-PE
Maycon Cleiton;
Elivelton, Danny Morais e Denílson;
Toty, André, Tinga (Jeremias) (João Cardoso), Didira e Augusto Potiguar (Mayco Félix);
Negueba (Jaderson) e Victor Rangel.
Técnico: Marcelo Martelotte