Atlético de Alagoinhas-BA 5 x 0 Villa Nova-MG - Carcará goleia e se consolida no G4

Com o resultado, o Atlético está com 17 pontos, na terceira colocação do Grupo A6

por Agência Futebol Interior

Alagoinhas, BA, 26 (AFI) - Na nona rodada do Campeonato Brasileiro Série D, Atlético de Alagoinhas e Villa Nova se enfrentaram no Estádio Carneirão nesta segunda-feira. Os baianos se deram melhor e golearam por 5 a 0.

Com o resultado, o Atlético está com 17 pontos, na terceira colocação do Grupo A6, atrás de Gama, 25, e Brasiliense, 20. Já o Villa Nova está em sétimo e penúltimo lugar com sete pontos.

O JOGO

Jogando em casa, o Atlético buscou o ataque, mas demorou para abrir o placar. O primeiro gol saiu aos 36 minutos, com Dionísio completando cruzamento da direita.

Logo no começo do segundo tempo, o placar foi ampliado. Após boa jogada pela direita, Jeam ficou na cara do gol e não desperdiçou.

Aos 19 Robert foi lançado na área, dominou e chutou rápido para fazer o terceiro. Pouco depois, Jeam apareceu na pequena área e só teve trabalho de empurrar para o gol após passe de Miller. O placar foi fechado já nos acréscimos, com Athirson chutando de fora da área.

PRÓXIMOS JOGOS

Na décima rodada, o Atlético volta a campo no próximo sábado, às 17h, diante do Bahia de Feira-BA, na Arena Cajueiro. Já o Villa Nova enfrenta a Caldense-MG, às 16h do domingo, no Estádio Castor Cifuentes.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
9ª rodada
Data
26/10/2020
Horário
16h00
Local
Carneirão - Alagoinhas (BA)
Árbitro
Eloane Gonçalves Santos (SE)

Assistentes
Marcos Welb Rocha de Amorim (BA) e Daniella Coutinho Pinto (BA)

Cartões Amarelos
Atlético Alagoinhas-BA: Dionisio

Gols
Atlético Alagoinhas-BA: Dionisio 32' 1T, Jeam 10' 2T, Robert 19' 2T, Jeam 22' 2T, Athirson 48' 2T
Atlético Alagoinhas-BA
Fábio Lima;
Edson, Mailson (Athirson), Iran e Felipinho;
Sobral (Saulo), Jeam e Reninha (Fernandinho);
Dionísio, Miller e Robert (Naian).
Técnico: Zé Carijé
Villa Nova-MG
Deola;
Maicon, Ramon (Lorran), Wellington Reis e Charles;
João Paulo (Augusto Recife), Jocinei (Raphael Lopes) e João Lucas (Lucas Grossi);
Wander (Daniel Abalem), João Guilherme e Thalysson Lalau.
Técnico: Mancini