Catarinense: Maria agradece chance de trabalhar na Chapecoense: 'Clube diferente'

Treinador foi desligado do comando do Verdão d'Oeste após início sem vitórias em 2020

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 18 (AFI) - Na tarde do último domingo, 16 de fevereiro, chegou ao fim o ciclo de Hemerson Maria na Chapecoense.

O treinador foi comunicado por Michel Costa e Mano Dal Piva que não continuaria no clube após início ruim no Campeonato Catarinense.

Hemerson Maria deixa a Chapecoense na lanterna do Catarinense - Márcio Cunha / Chapecoense
Hemerson Maria deixa a Chapecoense na lanterna do Catarinense
O treinador, em comunicado oficial, fez questão de valorizar a oportunidade de ter comandado o Verdão d'Oeste.

"Gostaria de exaltar a receptividade, o carinho, o respeito e o profissionalismo do clube. A Chapecoense é um clube diferente, muito família", admitiu o comandante.

"Só tenho que agradecer aos atletas, dirigentes e torcedores. Foi uma honra ter essa oportunidade", completou.

VIDA NOVA

Disponível no mercado, Maria agora irá aguardar novos projetos para dar encaminhamento na sua carreira.

"De hoje em diante sou um profissional livre e aberto a ouvir propostas. É importante ressaltar que ainda não tenho nada encaminhado como chegou-se a ser especulado", declarou.

"Recebi, sim, algumas sondagens antes de iniciar o estadual e após a partida diante do Brusque, mas, como foi em outros clubes em que trabalhei, procurei cumprir o meu contrato", finalizou.