Com Paysandu como destaque, relembre TODAS as edições da Copa Verde

Papão da Curuzu conquistou o título em 2016 e 2018 e só não foi à decisão apenas umz vez, em 2015

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 28 (AFI) - A última competição a ser instituída no calendário de competições profissionais masculinas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi a Copa Verde - a Supercopa do Brasil, cabe destacar, retornou apenas em 2019, mas foi realizada pelas primeiras vezes ainda no comecinho da década de 1990.

A competição regional é disputada desde 2014 e pode receber equipes das regiões Norte e Centro-Oeste do País, além de times do Espírito Santo. Em seis edições, o Paysandu-PA fez valer o apelido de Papão da Curuzu e, campeão em duas oportunidades, foi finalista de todas elas - menos em 2015, quando o Cuiabá-MT foi campeão sobre o Remo-PA.

Por isso, o Portal Futebol Interior preparou um especial para relembrar TODAS as edições da Copa Verde. Vamos lá!

Paysandu, o campeão da Copa Verde de 2018 - Foto: Fernando Torres/Paysandu
Paysandu, o campeão da Copa Verde de 2018 - Foto: Fernando Torres/Paysandu
2014
O Brasília-DF teve a honra de ser campeão da primeira Copa Verde. Até o título sobre o Paysandu-PA, o Colorado passou por CENE-MS, Cuiabá-MT e Brasiliense-DF. Na decisão sobre o Papão, uma vitória - por 2 a 1 - para cada mandante e triunfo candango - por 7 a 6 - na disputa de penalidades máximas.

2015
O Cuiabá-MT faturou o título na segunda temporada. Eliminou CENE-MS, Estrela do Norte-ES e Luverdense-MT até encontrar o Remo-PA na final. Na ida, como mandante, o Leão Azul goleou por 4 a 1 e se aproximou da conquista. Na volta, porém, o Dourado fez ainda melhor para ficar com a taça: 5 a 1.

2016
Na terceira edição, o Paysandu-PA - enfim - conseguiu chegar ao título da Copa Verde. Começou a campanha eliminando Fast Clube-AM, venceu as duas partidas contra o Rio Branco-AC e bateu o arquirrival Remo-PA duas vezes na semifinal, anotando 6 a 3 no placar agregado. Na decisão, o Papão deixou o Gama-DF para trás com 3 a 2 após 180 minutos.

Foto: Divulgação / CBF - Foto: Divulgação / CBF
Foto: Divulgação / CBF
2017
Mais um título para o Mato Grosso - dessa vez, para o Luverdense-MT, campeão Invicto. No agregado, fez 4 a 1 no Ceilândia-DF; 7 a 2 no Rio Branco-ES e 5 a 2 no Rondoniense-RO. O oponente na decisão, claro, foi o Paysandu. Mas o Papão pouco assustou - o Verdão venceu a ida por 3 a 1 e segurou o 1 a 1 na volta.

2018
O Paysandu-PA chegou ao bicampeonato da Copa Verde com uma campanha invicta. 'Brocou', após 180 minutos, 4 a 0 no Interporto-TO; 7 a 4 no Santos-AP e 4 a 2 no Manaus-AM. O adversário na final foi o surpreendente Atlético Itapemirim-ES. Na ida, em Cariacica (ES), 2 a 0 para o Papão; na volta, em Belém (PA), empate por 1 a 1.

2019
O Cuiabá-MT se tornou o segundo time a ser bicampeão da Copa Verde, agora com 24 equipes. Um dos melhores da competição, o Dourado entrou diretamente nas oitavas de final e chegou ao título, vencido sobre o Paysandu-PA, após eliminar Iporá-GO, Costa Rica-MS e Goiás-GO. O curioso é que apenas o time do Mato Grosso do Sul não foi eliminado nos pênaltis.