XV de Piracicaba-SP 1 (7) x (8) 1 Juventude-RS - E tem mais um paulista eliminado...

Além do Nhô Quim, Oeste e Novorizontino também já deixaram o torneio...

por Kim Belluco

Piracicaba, SP, 26 (AFI) - O XV de Piracicaba lutou até o fim, mas acabou eliminado da Copa do Brasil nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal, em partida realizada na noite desta quarta-feira, no estádio Barão de Serra Negra.

O grande destaque foi o goleiro Marcelo Carné, que defendeu duas penalidades e ainda anotou a sua cobrança, sem contar as defesas decisivas com a bola rolando.

Com a classificação, o Juventude aguarda o confronto entre América de Natal e River-PI para conhecer seu adversário na próxima fase, além de embolsar uma premiação no valor de R$ 1,5 milhão.

Para o XV, resta se concentrar na Série A2 do Paulista, onde vem realizando boa campanha. O próximo compromisso será contra o Sertãozinho, novamente em Piracicaba.

VEJA OS GOLS E OS PÊNALTIS !

O Nhô Quim teve a classificação nas mãos em mais de uma oportunidade, mas a deixou escapar entre os dedos. O time recuou após abrir o placar, teve um jogador expulso de forma por reclamação e pecou, novamente, nos pênaltis na hora de decidir, assim como foi na Inter de Limeira, que custou o acesso à elite do estadual no ano passado.

DISPUTADO!
A forte chuva que castigou a cidade de Piracicaba durante o dia desta quarta-feira não impediu que XV e Juventude fizessem um bom primeiro tempo. O gramado do Barão de Serra Negra aguentou bem e ambos os times buscaram ao gol, destaques para os goleiros Marcelo Carné e Mota, com belas defesas.

O XV apostou em jogadas pelo lado de campo e quase abriu o placar com Kadu Barone. Ele recebeu pela direita, levou para o meio e chutou. Carné fez a defesa de mão trocada. O goleiro ainda contou com o fator sorte. Na tentativa de Diego Jussani dentro da área, a bola passou rente à trave.

XV perde para o Juventude - Juventude
XV perde para o Juventude

O time da casa apresentou um volume maior de jogo, mas o Juventude também não ficou esperando. Mota defendeu arremates de Marciel e de John Lennon, este em uma jogada em velocidade. O atacante invadiu a área pela direita e parou no goleiro quinzista.

O primeiro tempo, no entanto, não foi só de bom futebol. Os times estavam tensos e qualquer dividida era motivo para discussão. O lado ruim, no entanto, ficou para Caio Mancha. O ex-atacante do Palmeiras sentiu uma lesão muscular e precisou sair da partida antes mesmo do intervalo.

DEIXOU EMPATAR!
A etapa final começou com pressão por parte do XV de Piracicaba. O gol, que não saiu no primeiro tempo, apareceu logo aos dois minutos. Daniel Costa recebeu pela esquerda e tentou cruzar. A bola passou por Filipe Cirne e Erison e morreu no fundo das redes.

Após o gol, o XV passou a tentar administrar o resultado e deu o campo para o Juventude. O clube gaúcho encontrou dificuldade em criar jogadas e perigo, mas quando conseguiu deixou tudo igual. Aos 26 minutos, Eltinho recebeu de frente para o gol e, de fora da área, chutou colocado para fazer 1 a 1. Mota não esboçou reação.

XV terminou com um jogador a menos e perdeu vaga nos pênaltis. Foto: Michel Lambstein
XV terminou com um jogador a menos e perdeu vaga nos pênaltis. Foto: Michel Lambstein
EXPULSÃO ATRAPALHOU
A situação do time piracicabano ficou ainda pior aos 33 minutos. Erison chutou a bola após o apito e levou o amarelo. Na sequência, xingou o árbitro e acabou expulso. Com o XV com um a menos, o jogo se transformou em ataque contra defesa.

O Juventude rodeou a área do XV, mas não conseguiu transformar a superioridade em gol. O XV, por outro lado, conseguiu ameaçar em um chute de Daniel Costa de fora da área, Carné salvou mais uma. O jogo acabou indo para os pênaltis.

PÊNALTIS
Nas cobranças, Eltinho chutou primeiro e parou em Mota. Daniel Costa marcou, mas Igor deixou tudo igual. Marcelinho teve a chance de recolar o XV na frente, mas desperdiçou a cobrança. Carné defendeu. João Paulo também errou ao chutar para fora. E Gilberto Alemão completou a sequência ao ficar no goleiro do Juventude.

O time de Caxias do Sul ficou à frente do placar pela primeira vez com o pênalti convertido por Edcarlos. Diego Jussani empatou. Bruno Alves, Walfrido, Samuel Santos, Gabriel Soares, Lennon, Paulão, Iago, Kadu Brone, Caíque Valdívia, Bruno Lima e Marcelo Carné marcaram. Mota foi para a cobrança e isolou, dando a classificação ao Juventude.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
1ª rodada
Data
26/02/2020
Horário
16h30
Local
Barão da Serra Negra - Piracicaba (SP)
Árbitro
Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Renda
R$ 49.375,00
Assistentes
Thiago Rosa de Oliveira (RJ) e Thiago Gomes Magalhães (RJ)

Público
1.872 pagantes
Cartões Amarelos
XV de Piracicaba-SP: Bruno Lima, Daniel Costa, Erison, Diego Jussani, Tarcísio Pugliese
Juventude-RS: Samuel Santos, Genílson

Cartões Vermelhos
XV de Piracicaba-SP: Erison
Gols
XV de Piracicaba-SP: Daniel Costa 2' 2T
Juventude-RS: Eltinho 26' 2T
XV de Piracicaba-SP
Mota;
Jefferson Feijão (Gabriel Soares), Diego Jussani, Gilberto Alemão e Paulão;
Bruno Lima, Walfrido e Daniel Costa;
Kadu Barone, Caio Mancha (Erison) e Filipe Cirne (Marcelinho)
Técnico: Tarcisio Pugliese
Juventude-RS
Marcelo Carné;
Samuel Santos, Genilson, Edcarlos e Eltinho;
João Paulo, John Lennon, Marciel (Igor) e Pedro Ken (Iago);
Bruno Nunes (Caíque Valdívia) e Bruno Alves
Técnico: Marquinhos Santos