Série B: Cavalo revela boa impressão no Criciúma e avisa: "Ninguém foi rebaixado"

O Tigre vem de um empate diante do Vitória, por 1 a 1, no Heriberto Hulse

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 16 (AFI) - O técnico Roberto Cavalo revelou ter tido uma boa impressão da atuação do Criciúma no empate por 1 a 1 diante do Vitória, nesta terça-feira, no Heriberto Hülse. O time carvoeiro abriu o placar, mas acabou cedendo o empate. Antes do apito final, teve um gol mal anulada pela arbitragem, convertido por Sandro, que desviou um arremate de Thales, aos 41 minutos do segundo tempo, para jogar no fundo das redes.

Cavalo recusou jogar culpa do empate na arbitragem, mas deixou claro que a sensação é de tristeza pelo resultado. "Os jogadores estão tristes. Lamentamos muito o resultado. Mas vamos acreditar. O Criciúma deixou uma boa impressão. Infelizmente, não foi o resultado que queríamos, mas seguiremos lutando", falou o treinador, em entrevista coletiva.

EQUILÍBRIO
O treinador ainda destacou o equilíbrio da competição. Na 18ª colocação, ao final da 29ª rodada, o Criciúma tem 29 pontos, dois na frente do lanterna São Bento, e três atrás do Londrina, o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Criciúma teve um gol anulado contra Vitória - Caio Marcelo/www.criciuma.com.br
Criciúma teve um gol anulado contra Vitória
"Ainda ninguém foi rebaixado e ninguém está garantido na Série A. Tem muita bola para rolar. A Série B é desgastante. Temos que seguir buscando sempre os três pontos como foi contra o Vitória. Merecíamos a vitória, mas ela não veio", concluiu.

PRÓXIMO DESAFIO
O próximo compromisso do Criciúma é novamente do lado de sua torcida. O time, de Roberto Cavalo, enfrenta o CRB nesta sexta-feira, às 19h15, no Heriberto Hülse.

Apesar do momento do time, os torcedores do Criciúma estão usando a criatividade para protestar contra a campanha na Série B. Na última terça-feira, por exemplo, colocaram um cartaz no estádio com os seguintes dizeres: "Joguem como bebemos".