Cruzeiro tentará feito inédito nesta Série B como mandante

Cruzeiro vem de vitória, por 2 a 1, sobre o Operário e para bater o Náutico terá que superar o desfalque do volante Filipe Machado

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 22 (AFI) - A Série B do Campeonato Brasileiro chegou ao fim e o Cruzeiro não conseguiu o acesso. O desempenho irregular da Raposa pode ser constatado no feito inédito que será buscado pelo time de Felipão em sua despedida como mandante.

Diante do Náutico neste domingo, às 16 horas, no Independência, em Belo Horizonte, o Cruzeiro tentará pela primeira vez na edição 2020 da Série B vencer duas seguidas como mandante. Pode acreditar, os mineiros não conseguiram tal feito.

Cruzeiro quer a segunda vitória seguida como mandante. (Foto; Divulgação)
Cruzeiro quer a segunda vitória seguida como mandante. (Foto; Divulgação)
O Cruzeiro vem de vitória, por 2 a 1, sobre o Operário e para bater o Náutico terá que superar o desfalque do volante Filipe Machado que recebeu o terceiro cartão amarelo. Sem outras opções, Felipão deverá escalar Jadson, uma vez que Henrique segue no DM e Jadsom Silva entrou na Justiça contra o time celeste.

FORA!
O zagueiro Léo também segue lesionado e não joga, assim como Thiago (positivo para Covid-19) e Marco Antônio (reforço muscular). O atacante Marcelo Moreno, com desgaste na coxa, segue como dúvida. O Cruzeiro tem pendurados: Airton, Lucas França, que renovou contrato, e Ramon.

Na 13ª colocação, o Cruzeiro deverá atuar com Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Jadson e Giovanni; Airton, Rafael Sóbis e William Pottker.