Técnico da Suécia revela conversa com Ibrahimovic e pode convocá-lo para Eurocopa

Ibrahimovic e o técnico se envolveram em uma polêmica anos atrás sobre preconceito

por Agência Estado

São Paulo, SP, 02 - O técnico da seleção da Suécia, Janne Andersson, revelou neste sábado que tem conversado com o atacante Zlatan Ibrahimovic, do Milan, para fazer o jogador voltar a atuar pela equipe após quase cinco anos de ausência.

Em entrevista ao jornal sueco Dagens Nyheter, o treinador explicou que uma antiga divergência com o astro está superada e existe a chance dele disputar a Eurocopa deste ano.

IBRA TIRA ONDA DO FRIO E FICA DE SUNGA. VEJA !

Ibrahimovic e o técnico se envolveram em uma polêmica anos atrás sobre preconceito. Em 2019, o jogador afirmou que Andersson não convocava atletas filhos de imigrantes, em uma decisão que prejudicava um trabalho de longo prazo no país para promover uma equipe multicultural.

Na entrevista, o treinador da seleção contou ter conversado com o atacante para desfazer o mal entendido. Ibrahimovic, inclusive, é filho de pai bósnio e mãe croata.

Ibra deve voltar à seleção sueca
Ibra deve voltar à seleção sueca

"Tivemos um encontro e esclarecemos tudo. Ele me disse que nunca me chamou de racista. O que disse foi que para um jogador era mais difícil (ser convocado) pelos seus pais serem imigrantes", afirmou Andersson.

Apesar de elogiar o atacante, o técnico não garante que a volta dele está confirmada.

"Se Zlatan abrir a porta, teremos de conversar. Sobre isso, permanecerá entre nós", acrescentou.

PASSADO
O astro sueco não joga pela seleção desde o fim da Eurocopa de 2016, quando anunciou que passaria a se dedicar somente à carreira nos clubes. Ibrahimovic manifestou anos depois o desejo de jogar a Copa do Mundo de 2018 pela Suécia, mas ficou fora da lista final. Irritado com a ausência, o atacante do Milan culpou a imprensa do país de fazer uma campanha negativa contra o seu retorno.

Aos 39 anos, Ibrahimovic tem 11 gols marcados em 10 partidas nesta temporada. A Suécia está no Grupo E da Eurocopa ao lado de Espanha, Polônia e Eslováquia. Os jogos desta chave serão disputados em Bilbao, na Espanha, e em Dublin, na Irlanda.