Cearense: Apesar de manter salários integrais, Ferroviário irá cortar direito de imagens

A decisão foi tomada após uma longa reunião entre a direção do Ferrão, comissão técnica e jogadores

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 08 (AFI) - Perante essa definição do futebol brasileiro por conta da pandemia do novo coronavírus, os times estão tendo que 'dar um jeito' para se manterem de pé financeiramente. Tanto que nesta quarta-feira (08), o Ferroviário anunciou que irá manter os salários integrais, mas que irá cortar cerca de 60% dos direitos de imagem.

A decisão foi tomada após uma longa reunião entre a direção do Ferrão, comissão técnica e jogadores.

Apesar de manter salários integrais, Ferroviário irá cortar direito de imagens
Apesar de manter salários integrais, Ferroviário irá cortar direito de imagens
Assim, os salários que estão registrado nas carteiras de trabalho seguirão sendo pagos de forma integral. Porém, só 40% dos direitos de imagem serão repassados neste período de pandemia.

Essa nova medida já está valendo para os vencimentos de março, que estão sendo pagos agora em abril.Outros auxílios, como a ajuda de custo com moradia seguem sendo mantidos e um dos patrocinadores do clube garantiu a manutenção total dos planos de saúde dos funcionários.

O Ferroviário seguiu um caminho diferente dos principais rivias do estado: Fortaleza e Ceará, que deram férias aos jogadores de 20 dias. Apesar do prejuízo pela falta de jogos, o clube receberá um aporte da CBF no valor de R$ 200 mil.