Elano fala em "grande partida" do Figueirense e "ganhar o jogo" do América-MG

Sem vencer há quatro jogos, clube catarinense ocupa o 17º lugar, com seis pontos

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 18 (AFI) - A missão do técnico Elano não é nada fácil. O Figueirense viveu dias de terror quando a torcida invadiu o treino do time. Sem falar que o clube catarinense não vence há quatro partidas - dois empates e duas derrotas - e está na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro, no 17º lugar, com seis pontos. Ainda assim, o jovem treinador mostra confiança.

Elano, porém, acredita que o Figueirense tenha condições para vencer o América-MG, time que está no G4 com 17 pontos, a três da liderança. O duelo contra os mineiros será neste sábado, às 16h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela décima rodada.

Confiança apesar dos pesares. (Foto: Patrick Floriani / Figueirense FC)
Confiança apesar dos pesares. (Foto: Patrick Floriani / Figueirense FC)
"É um jogo duro. Um time que tem sistema defensivo forte e contra-ataque que dá resultado. Trabalhamos em cima do adversário, mas em cima do que podemos fazer para ganhar o jogo. Vamos para Belo Horizonte visando uma grande partida. Temos que somar vitórias para ter mais conforto na tabela de classificação", disse Elano à TV Figueira.

TEMPO PARA TREINAR!
Desde o empate sem gols contra o Cuiabá, o Figueirense teve 11 dias de trabalho. E o técnico Elano garante que aproveitou bem esse período. O comandante segue sem contar com Elyeser, suspenso, e Sidão e Arouca no departamento médico.


"Claro que não estamos felizes com os resultados, mas foi um primeiro período maior de treinos. Vi algo de positivo nos jogos. Agora consegui analisar friamente todos em campo. Priorizamos a força e resistência.

Os jogadores estão se doando bastante. Identificamos o lado da potência (como necessidade de melhora), o último terço de campo que pode nos dar gols. Temos criado, mas temos dificuldade de passar pelo adversário e finalizar. A intensidade tem que aumentar", finalizou o treinador.


FIGUEIRENSE - Rodolfo Castro; Lucas Carvalho, Alemão, Pereira e Sanchez; Matheus Neris e Patrick; Everton Galdino, Marquinho e Diego Gonçalves; Gabriel Barbosa.