Técnico defende jogadores do Flamengo após goleada: "Não tenho queixa deles"

O Flamengo sofreu sua maior derrota na história da Libertadores ao perder por 5 a 0 para o Independiente Del Valle

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) – Após a derrota elástica para o Independiente Del Valle por 5 a 0, o técnico Domenéc Torrente saiu em defesa dos jogadores do Flamengo.

Pressionado no cargo, o treinador espanhol não vem conseguindo extrair do elenco o bom futebol apresentado na última temporada, sob o comando de Jorge Jesus, mas eximiu os atletas de culpa.

“Não estou de acordo que foram apáticos. No primeiro tempo, não tivemos problema para defender. O jogo estava equilibrado. O segundo tempo foi diferente, procuramos pressionar em cima. Eles são muito rápidos quando tem espaço nas linhas”, analisou.

O treinador também não culpou a altitude de Quito e admitiu que há muito a melhorar para os próximos jogos.

“Todos sabem que jogar aqui não é fácil. Não é uma desculpa, poderíamos ter jogador melhor. Eu não tenho queixa aos jogadores, eles querem ganhar, correram muito em campo, mas sei que quando você perde de 5 a 0 não tem desculpa. O Independiente jogou muito melhor”, disse.

“É uma derrota muito dolorosa, temos que pedir desculpa aos torcedores. É um desastre, mas são três pontos, vamos tentar nos recuperar para o próximo jogo”, concluiu.