Série B: Interino do Guarani saca 'medalhões contestados' da lista de relacionados

Quatro jogadores, alvo de críticas da torcida, não ficaram como opção no banco diante do Londrina

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 29 (AFI) - Uma semana no comando interino foi suficiente para Thiago Carpini promover mudanças efetivas no elenco do Guarani.

Embora não tenha tido nenhum reforço de forma oficial, o treinador deu indícios de como pretende trabalhar na sequência da Série B do Campeonato Brasileiro, caso seja mantido para o duelo frente o Figueirense, no próximo sábado, em Florianópolis.

No confronto diante do Londrina, vencido por 1 a 0, o ex-zagueiro cortou quatro medalhões, contestados pela torcida, da lista de relacionados. Por opção, o zagueiro Ferreira, os meias Vitor Feijão e Felipe Amorim e o atacante Éder Luís, prestigiados com o Roberto Fonseca, demitido no último dia 21, sequer ficaram como opção.

Símbolo de experiência, Éder Luís sequer foi relacionado diante do Londrina - Letícia Martins / Guarani FC
Símbolo de experiência, Éder Luís sequer foi relacionado diante do Londrina

Em contrapartida, Carpini deu vida a nomes com pouca rodagem na temporada. Frente o Tubarão, Rondinelly e Diego Cardoso, um tanto quanto 'escanteados', estavam entre os suplentes.

Outras novidades surgiram no segundo tempo: Filipe Cirne, Renanzinho, pedido antigo do bugrino, e Lucas Crispim. O último, revelado nas categorias de base do Santos, retornou aos gramados após mais de seis meses, graças à lesão no tendão de Aquiles, sofrida no meio de fevereiro, durante o Campeonato Paulista.

Crispim foi acionado no meio da etapa complementar para dar mais mobilidade ao ataque e prender a bola, administrando a vantagem. Aos 49 minutos, teve chance claríssima de aumentar o placar, mas parou no goleiro.

"Na verdade, vou ser bem sincero, nem puxei, nem vou puxar a orelha do Lucas Crispim pelo gol perdido no final. Ele se colocou à disposição num momento ruim que estamos vivendo, queimou algumas etapas de recuperação para estar conosco hoje. Vou enaltecer o que fez", comentou Carpini, em coletiva.