Cauteloso por reforços, Guarani 'perde' quatro jogadores durante pandemia

Com situação financeira delicada, Bugre busca não comprometer o orçamento

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 03 (AFI) - A paralisação do futebol nacional em decorrência da pandemia do novo coronavírus esfriou o crescimento do Guarani no Campeonato Paulista.

Além de interromper a euforia e ascensão após vitória no clássico contra a Ponte Preta, Bugre já perdeu quatro jogadores neste período de quarentena.

Juninho Piauiense não faz mais parte do elenco do Guarani - David Oliveira / Guarani FC
Juninho Piauiense não faz mais parte do elenco do Guarani
Nas últimas semanas, Alviverde decidiu não renovar com o meia Bady, cujo contrato de encerrou em 30 de abril, além de devolver o zagueiro Vitor Mendes ao Atlético-MG por falta de acordo no pagamento salarial.

Na última segunda-feira, porém, time campineiro viu o lateral-esquerdo Thallyson não aceitar proposta de renovação e fechar com o exterior, enquanto o atacante Juninho Piauiense foi devolvido ao Sport por 'readequação financeira'.

Com orçamento enxuto e sem grande poder de investimento, o Guarani adota cautela no mercado e não prevê anúncio de reforços enquanto a bola não voltar a rolar.

O principal objetivo do Departamento de Futebol é a viabilizar a renovação com Júnior Todinho, artilheiro do elenco na temporada, além de acertar os salários atrasados com elenco e funcionário.