Inter de Limeira aposta no garimpo e na gestão para fazer um bom Paulistão

Enrico Ambrogini, CEO do clube, comentou sobre as fórmulas adotadas para galgar campanha satisfatória na elite estadual

por Agência Futebol Interior

Limeira, SP, 21 - A extensão do Campeonato Brasileiro para 2021 em todas quatro divisões - Séries A, B, C e D - é um desafio a mais para os clubes que não estão na disputa e precisam organizar suas equipes para o início dos estaduais.

“É um ano atípico porque muitos atletas ainda estão trabalhando, inclusive jogador nosso emprestado para a Série C, que é o caso do Tcharlles, que subiu com o Remo. Importante é ter uma base montada e trazer jogadores como peças pontuais para serem inseridos rapidamente”, diz o CEO da Inter de Limeira, Enrico Ambrogini.

Sem poder contratar jogadores que ainda estão na ativa, é preciso garimpar para achar reforços. “Esse é um ano que optamos por remodelar o elenco, trazer jogadores com experiência. Conseguimos fazer algumas trocas e também encontrar nomes disponíveis no mercado. Até a estreia no Paulistão, no final de fevereiro, poderemos contar com alguns reforços que ainda estão na ativa”, complementa Ambrogini.

Pedro Peron, à frente, é observado pelo experiente Roger, reforço da Inter para o Paulistão (Foto: Ítalo Gabriel/Inter de Limeira)
Pedro Peron, à frente, é observado pelo experiente Roger, reforço da Inter para o Paulistão (Foto: Ítalo Gabriel/Inter de Limeira)

APROVEITAMENTO DA BASE

Uma das novidades da Inter para esse ano será o aproveitamento de um jogador da base, o meia Pedro Peron, algo que não acontecia há muitos anos no clube.
“A base da Inter era terceirizada e a partir desse ano está sob nosso comando, inclusive com uma equipe no estadual de juniores. E depois de muitos anos teremos um jogador formado em casa na nossa equipe principal. Com o nosso projeto para a construção do novo CT, queremos chegar a 30% ou 40% do nosso elenco formado na nossa base”, projeta o CEO da Inter. Um dos últimos atletas aproveitados da base da Inter foi o meia Lucas Lima, hoje no Palmeiras, há dez anos.

Ambrogini aposta que a gestão bem feita, com organização, salário em dia e boas condições de treinamento podem ser alguns diferenciais fora de campo que podem trazer benefícios dentro das quatro linhas.

Enrico Ambrogini, CEO da Inter de Limeira (Foto: Rogério Rueda/Inter de Limeira)
Enrico Ambrogini, CEO da Inter de Limeira (Foto: Rogério Rueda/Inter de Limeira)

“Uma gestão que cumpra o acordado com o atleta e boas condições de treinamento e recuperação dá tranquilidade para o elenco e a comissão técnica trabalhar. Estamos esperançosos em fazer um bom ano”, finaliza.

A Inter de Limeira está no grupo A do Paulistão, ao lado de Corinthians, Santo André e Botafogo-SP. O time estreia na competição no dia 28 de fevereiro, diante da Ferroviária, em Araraquara.