Paulista A2: Juventus segue sem engolir arbitragem do jogo contra o XV

A derrota contra o Nhô Quim, na Rua Javari, tirou o Moleque Travesso da zona de classificação

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 18 (AFI) - A derrota para o XV de Piracicaba, por 1 a 0, na Rua Javari, ainda incomoda o técnico Alex Alves. O treinador lamentou o tropeço dentro de casa e colocou boa parte da culpa no quarteto de arbitragem.

Juventus perdeu para o XV. Foto: Alê Vianna
Juventus perdeu para o XV. Foto: Alê Vianna
"O árbitro teve três erros seguidos, não tinha condições de apitar um jogo da magnitude que é Juventus e XV de Piracicaba. Ficamos tristes, porque é uma semana de trabalho forte que fizemos, tínhamos tudo para ganhar e desde o começo do jogo fomos prejudicados. Nós pedimos para os jogadores não entrarem na pilha, mas tem hora que não dá, é complicado. Agora é levantar a cabeça e pensar no Taubaté", falou o técnico Alex Alves.

Já o goleiro André explicou o lance, que originou o pênalti para o XV. "Foi uma bola lançada em que cheguei primeiro e consegui socar, mas teve o embate depois e foi um lance que cheguei primeiro na bola. Se eu saísse devagar do gol, eu poderia me machucar. Ficamos tristes porque nosso trabalho fica comprometido com esse erro. Estávamos melhores em campo, com volume maior de jogo. Vamos zerar para a próxima partida", finalizou.

SITUAÇÃO
Passado o jogo contra o XV, o Juventus se prepara para o duelo contra o Taubaté, marcado para esta sexta-feira, às 20h, no estádio Joanquinzão.

O Moleque Travesso ocupa a nona posição, com nove pontos, um do Sertãozinho, o primeiro dentro da zona de classificação.