Clube chileno não libera treinador argentino para o Palmeiras

A diretoria da Universidad Católica deseja permanecer com Ariel Holan até o fim da temporada

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 26 (AFI) - O Palmeiras está com dificuldades para escolher o substituto de Vanderlei Luxemburgo. O argentino Ariel Holan foi procurado recentemente, mas a Universidad Católica não quis liberar o treinador.

Ariel Holan tem contrato com o clube chileno até o fim de 2021, mas existe uma cláusula que permite a sua saída sem o pagamento de multa rescisória já em janeiro, quando termina o Campeonato Chileno.

Ariel Holan não foi liberado pela Universidad Católica
Ariel Holan não foi liberado pela Universidad Católica
O Palmeiras entrou em contato com o treinador, que só aceitou abrir conversa se houvesse liberação por parte da Universidad Católica. Isso, porém, não aconteceu. O clube alviverde, inclusive, se mostrou disposto a pagar um determinado valor para isso.

Eliminada na Copa Libertadores, a Universidad Católica tem ainda pela frente a Sul-Americana e também o Campeonato Chileno, onde está atualmente na terceira colocação, com 33 pontos, três a menos do líder Unión La Calera, que tem dois jogos a mais.

Antes de Ariel Holan, o Palmeiras tentou a contratação de Miguel Ángel Ramírez, mas o treinador disse que só aceitaria se transferir depois da participação do Independiente del Valle na Copa Libertadores, o que fez a diretoria alviverde recuar.

O clube aguarda também uma resposta de Gabriel Heinze, que está sem clube desde março, quando deixou o Vélez Sarfield. Uma proposta já foi encaminhada.