Crespo e Holan fazem duelo de técnicos argentinos em São Paulo x Santos

Os comandantes argentinos buscam acabar com a sina de fracassos recentes de seus compatriotas em solo nacional

por Agência Estado

São Paulo, SP, 06 - O Morumbi será palco do primeiro clássico de Hernán Crespo no comando do São Paulo. O time chega empolgado pela goleada por 4 a 0 sobre a Inter de Limeira e quer embalar no Campeonato Paulista diante do Santos, que tenta desencantar após dois empates, a partir das 19 horas. Será um confronto de argentinos no banco de reservas, já que Ariel Holan está liberado no BID e fará sua estreia no time da Baixada.

Os comandantes argentinos buscam acabar com a sina de fracassos recentes de seus compatriotas em solo nacional. Eles chegaram sob enorme expectativa nas novas casas e já têm o primeiro grande "teste". Se destacar no Paulista é um bom trampolim.

O futebol brasileiro cada vez mais investe em mão de obra estrangeira, mas diferentemente do sucesso dos portugueses Jorge Jesus e Abel Ferreira, a história está diferente para os argentinos. Jorge Sampaoli até conquistou o Mineiro no Atlético, porém fracassou no Brasileirão com altos e baixos. Eduardo Coudet vinha bem no Internacional, porém deixou o trabalho inacabado. Mais atrás, Ricardo Gareca, no Palmeiras, e Edgardo Bauza, no São Paulo, não ganharam nada. O Corinthians viu Daniel Passarela fracassar com os galácticos da MSI, em 2005.

Com mais um voto de confiança aos argentinos, Crespo e Holan esperam apagar a má impressão de antecessores. Com algo que estava adormecido no Brasil: aposta no futebol ofensivo.

Crespo fará seu primeiro clássico no São Paulo
Crespo fará seu primeiro clássico no São Paulo
SÃO PAULO QUER EMBALAR
Depois de apenas empatar em casa com o Botafogo de Ribeirão Preto, no fim, com gol de Arboleda, o São Paulo se recuperou com estilo e agora busca a segunda vitória seguida para deixar a desconfiança para trás.

Crespo vem chamando atenção entre os comandados por rodar o elenco e dar chances a todos e por sempre armar o time na busca incessante do gol. Com ele, os atacantes terão motivos para sorrir.

Que o diga Rojas. Após dois anos tratando de grave lesão, voltou diante da Inter de Limeira com gol e assistência. Pablo, agora centroavante titular, e Luciano, também andam felizes com o novo comando e a metodologia de Crespo. A promessa é de receberem bastante bolas e terem mais chances de gols. Após sofrer uma concussão na estreia, o meia Igor Gomes passou a semana inteira sem treinar e desfalca a equipe pelo segundo jogo seguido. É o único problema de Crespo.

SANTOS 'CASCUDO'
Depois de observar a molecada nas duas primeiras rodadas, Holan deve mandar um time mais maduro no clássico. Sabe da importância do jogo e não quer estrear com um resultado ruim após ver a equipe empatar com Santo André e Ferroviária.

O ídolo Marinho, Kaio Jorge e Laércio são ausências certas. Mas os atacantes podem estar à disposição diante do Deportivo Lara, terça-feira, pela fase preliminar da Libertadores, na Vila Belmiro.

Ariel Holán vive a expectativa de estrear no comando santista
Ariel Holán vive a expectativa de estrear no comando santista
Depois de um período de descanso, os demais titulares estão de volta e alguns já devem figurar no clássico, apesar de Holan não divulgar o time. John Victor será o goleiro, com Luan Peres na defesa e Felipe Jonatan na ala. Alison e Soteldo voltam no meio. Ainda sem Kaio Jorge, Bruno Marques disputa com Lucas Braga a vaga de centroavante. Podem, até, jogar juntos.

Holan tem estilo semelhante ao de Sampaoli. Quer o time se movimentando o tempo todo e sempre buscando o gol. Seu diferencial está na calma em falar com o time. É menos afoito e já anda arrancando elogios dos comandados.