Após vexame, técnico da Ponte diz que problemas serão discutidos internamente

Marcelo Oliveira deve fazer muitas mudanças no time para o jogo de sábado, contra o CRB

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 21 (AFI) - O vexame protagonizado na última terça-feira com a goleada sofrida para a Chapecoense, por 5 a 0, em pleno Moisés Lucarelli, não vai passar batido. O técnico Marcelo Oliveira pretende ter uma conversa com o elenco na reapresentação.

"Vamos discutir nossos problemas internamente, no treinamento. Depois de uma derrota como essa está todo mundo de cabeça quente", disse o treinador.

VOLTA DE JOGADORES
Fato é que o time titular deve sofrer muitas alterações para o jogo de sábado, contra o CRB, em Maceió. Marcelo Oliveira evitou falar em posições, mas deixou claro que conta com as voltas de alguns jogadores que não puderam atuar e também espera ter mais recém-contratados regularizados.

Marcelo Oliveira deve fazer muitas mudanças na Ponte Preta (Foto: Ponte Press)
Marcelo Oliveira deve fazer muitas mudanças na Ponte Preta (Foto: Ponte Press)

"Nós vamos recuperar trabalhando, ajustando, orientando, trocando nomes se acharmos necessários.

Por isso que fomos buscar jogadores, mas sem tirar a confiança desse grupo, que é um grupo muito bom para trabalhar, tem potencial técnico, mas precisamos de ajustes como equipe", analisou Marcelo Oliveira.

TEM QUE MUDAR
Na defesa, Luizão e Alisson dificilmente permanecerão no time titular. Ambos são os principais alvos das críticas dos torcedores, pois acumulam atuações desastrosas desde que chegaram ao Moisés Lucarelli. Contra a Chapecoense, por exemplo, Alisson fez um gol contra e cometeu um pênalti.

"Ele jogou muito bem os últimos jogos. A gente não aponta individualmente, somos todos como equipe que falhamos. Confio em todos os jogadores, vou procurar selecionar os melhores para que a gente tenha um maior poder de marcação", comentou Marcelo Oliveira.

MUDANÇAS À VISTA
Outro que dificilmente deve permanecer entre os titulares para sábado é o volante Neto Moura. Ainda no meio-campo, Camilo também pode voltar a ser opção no banco de reservas, enquanto o atacante Tiago Orobó teve uma estreia para ser esquecida.

Por tudo isso, não será surpresa se Marcelo Oliveira mudar mais de meio time para o jogo em Maceió. Além da reapresentação nesta quarta-feira, que deve ser marcada por muita conversa, o treinador vai ter dois dias de treinamento.

LISCA ANALISA CONSOLIDAÇÃO DO COELHO NO G4