Com trio do Mengão e parça de Guardiola, veja Seleção FI da 7ª rodada do Brasileirão

Domènec Torrent é o comandante desta 'verdadeira máquina de bola', que ainda tem Arrascaeta, Everton Ribeiro e Pedro

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 03 (AFI) - A sétima rodada foi sem dúvidas uma das mais emocionantes deste inicio de Brasileirão. O Flamengo venceu um verdadeiro jogão diante do Bahia, pelo placar de 5 a 3, o Ceará levou a melhor sobre o Fortaleza, no Clássico-Rei, já o Atlético-MG venceu o duelo direto contra o São Paulo e retornou a briga pela liderança.

Até por conta disso, a Seleção FI da sétima rodada, vem recheada de jogadores que se deram bem neste meio de semana. Domènec Torrent é o comandante desta 'verdadeira máquina de bola', que ainda tem Arrascaeta, Everton Ribeiro e Pedro do Flamengo. A zaga é formada pelos paulistas Danilo Avelar, do Corinthians, e Gustavo Gomez, do Palmeiras, e tem dois destaques do Atlético-MG entre a zaga e o meio.

Pedro foi um dos destaques da vitória do Flamengo e mereceu estar na Seleção FI
Pedro foi um dos destaques da vitória do Flamengo e mereceu estar na Seleção FI

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 7ª RODADA DO BRASILEIRÃO:
Wilson (Coritiba);
Patric (Sport), Danilo Avelar (Corinthians), Gustavo Gomez (Palmeiras) e Guilherme Arana (Atlético-MG);
Charles (Ceará), Alan Franco (Atlético-MG), Arrascaeta (Flamengo) e Everton Ribeiro (Flamengo);
Thiago Galhardo (Internacional) e Pedro (Flamengo).
Técnico: Domènec Torrent (Flamengo).


CONFIRA COMO FOI A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR
Goleiro:
Wilson (Coritiba) -
O Coxa voltou para casa com um ponto na bagagem graças ao experiente goleiro, que fez uma grande partida no Nilton Santos contra o Botafogo. Foram três defesas difíceis, mostrando o porque "roubou" a titularidade de Alex Muralha.

Patric ajudou o Sport a surpreender o Grêmio em Porto Alegre
Patric ajudou o Sport a surpreender o Grêmio em Porto Alegre

Lateral-direito:
Patric (Sport) -
O Leão da Ilha do Retiro foi à Arena do Grêmio com uma proposta bem definida - se defender bem e abusar dos contra-ataques. E conseguiu aplicá-la para vencer o Grêmio assim. Isso passou pela boa atuação do ex-Atlético-MG, que marcou um golaço para abrir o placar e auxiliar na defesa.

Zagueiro:
Danilo Avelar (Corinthians) -
Após uma derrota para o São Paulo no Clássico Majestoso, o Timão encarou o Goiás buscando ameaçar mais. Assim, pouco sofreu defensivamente, com atuação segura do sistema defensivo. Um desses caras foi AveLENDA, que ainda apareceu como elemento surpresa para fazer o gol que garantiu o 2 a 1, fora de casa.

Zagueiro:
Gustavo Gomez (Palmeiras) -
Em meio ao futebol feio apresentado pelo Palmeiras, Gustavo Gomez não "sobra" apenas na defesa como também se arrisca no ataque para criar as jogadas ofensivas. Nos acréscimos do jogo contra o Internacional, o zagueiro deu cruzamento preciso para Luiz Adriano deixar tudo igual.

Alan Franco foi o melhor jogador na partida entre Atlético-MG e São Paulo
Alan Franco foi o melhor jogador na partida entre Atlético-MG e São Paulo

Lateral-esquerdo:
Guilherme Arana (Atlético-MG) -
A sua experiência faz a diferença, fortalecendo o setor esquerdo mineiro. Tanto na marcação como na agressividade. É ‘homem de confiança’ do técnico argentino Jorge Sampoli.

Volante:
Charles (Ceará) - F
oi o melhor jogador no Clássico Rei, fazendo a diferença nos dois extremos do campo. Além de contribuir com uma marcação implacável, Charles ainda apareceu no ataque para dar um cruzamento preciso para Vinícius marcar o gol que deu a vitória ao Ceará.

Volante:
Alan Franco (Atlético-MG) -
O equatoriano estava numa noite de muita sorte, porque aproveitou dois lances rápidos para finalizar com precisão. Marcou dois gols. O primeiro ao ganhar e velocidade da defesa e encher o pé. O segundo, após ajeitada de biquinho de Hyoran e um chute desequilibrado de perna esquerda e no alto. Realmente ele ‘abafou’ no Mineirão.

Arrascaeta fez dois na vitória do Flamengo por 5 a 3
Arrascaeta fez dois na vitória do Flamengo por 5 a 3

Meio-campo:
Arrascaeta (Flamengo) -
O Mengão foi ao Pituaçu, em Salvador, e passou o carro - mais até do que o placar de 5 a 3 pode indicar. Um dos destaques dos rubro-negros foi o atleta uruguaio, que, muito ligado e mostrando bastante intensidade, fez dois importantes gols.

Meia-atacante:
Everton Ribeiro (Flamengo) -
O capitão e ídolo rubro-negro mostrou mais uma vez que segue sendo um dos principais nomes do futebol sul-americano. Mostrou muita liderança e precisão, sendo premiado com dois belos gols - um deles, aliás, maravilhoso, encobrindo o goleiro adversário após linda jogada individual.

Everton Ribeiro marcou o gol mais bonito da rodada
Everton Ribeiro marcou o gol mais bonito da rodada

Atacante:
Thiago Galhardo (Internacional) -
Está vivendo a melhor fase da carreira. Improvisado como atacante desde a contusão de Paolo Guerrero, Thiago Galhardo vem dando conta do recado e mostrou personalidade para cobrar o pênalti que colocou o Inter na frente do Palmeiras - o empate viria na sequência. São cinco gols e a artilharia do Brasileirão.

Atacante:
Pedro (Flamengo) -
O ex-atacante do Fluminense encaminhou a vitória rubro-negra. Com muita atenção, abriu o placar com poucos segundos, aproveitando saída atrapalhada dos donos da casa. Já aos 16 minutos do primeiro tempo, mostrou precisão em batida rasteirinha e contou com a sorte, já que a bola beijou as duas traves antes de entrar.

Enfim Domènec Torrent conseguiu implantar seu estilo de jogo e o Flamengo conquistou uma grande vitória
Enfim Domènec Torrent conseguiu implantar seu estilo de jogo e o Flamengo conquistou uma grande vitória

Técnico:
Domènec Torrent (Flamengo) -
O treinador catalão, com mais tempo de trabalho, vai fazendo o plantel rubro-negro conhecer - e aprender - o famoso jogo posicional, que ficou mundialmente conhecido com o 'parça' Pep Guardiola. As jogadas flamenguistas começam a sair mais naturalmente - tanto que o 5 a 3 ficou barato, tamanha a superioridade visitante sobre o Bahia.