Com técnico ex-Palmeiras, Seleção FI da 12ª rodada da Série C chega no 4-3-3

Além de Paulo Bonamigo, o Remo que goleou o Imperatriz, por 5 a 0, também colocou o atacante Tcharles entre os melhores da rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 26 (AFI) - A 12ª rodada da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro foi repleta de destaques. Entre elas, a goleada do Remo-PA pelo placar de 5 a 0 em cima do lanterna Imperatriz-MA, que manteve o time paraense no G4 do Grupo A. E também para as boas vitórias de Ypiranga-RS e Vila Nova-GO, diante de Boa Esporte e Ferroviário, respectivamente.

Até por conta disso, a Seleção FI vem escalada com os principais destaques destes duelos, com dois representantes de Remo, Vila Nova e Ypiranga, cada. Além do técnico Paulo Bonamigo que irá comandar essa formação estrelada, o time paraense também colocou o atacante Tcharles entre os melhores da rodada. Representantes de Paysandy, São Bento, Santa Cruz, São José-RS e Manaus fecham a escalação.

Comandado por Paulo Bonamigo, o Remo fez 5 a 0 no Imperatriz-MA
Comandado por Paulo Bonamigo, o Remo fez 5 a 0 no Imperatriz-MA


CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 12ª RODADA DA SÉRIE C:
Paulo Ricardo (Paysandu-PA);
Ferrugem (São Bento), Danny Morais (Santa Cruz-PE), Pedra (São José-RS) e João Paulo (Tombense-MG);
Clayton (Ypiranga-RS), Daniel Costa (Manaus-AM) e Alan Mineiro (Vila Nova);
Tcharles (Remo-PA), Carpini (Ypiranga-RS) e Talles (Vila Nova);
Técnico: Paulo Bonamigo (Remo-PA).


CONFIRA A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR:
Goleiro:
Paulo Ricardo (Paysandu) -
A construção de uma vitória no futebol envolve vários fatores e, um deles, é evitar tomar gols. Apesar de o tento solitário do duelo diante do Treze-PB ter sido marcado por Wellington Reis, o grande destaque do jogo acabou sendo o goleiro Paulo Ricardo. Seguro, ele fez boas intervenções as quais evitaram o empate paraibano e garantiram três pontos importantíssimos para os paraenses na Série C.

Lateral-direito:
Ferrugem (São Bento) -
O Bentão conseguiu um grande resultado ao, mesmo com apenas 12 jogadores como opção, segurar o empate sem gols com o Criciúma, que luta pelo G4. Um dos fatores para isso foi a atuação do ex-jogador do Monte Azul, que mostrou muita disposição para ter uma firme aparição defensiva. Com gás de sobra, ainda apareceu como elemento ofensivo de desafogo para os alvicelestes.

Zagueiro:
Danny Morais (Santa Cruz) -
Em um duelo difícil diante do Botafogo-PB, o defensor apareceu bem. Ele foi fundamental para conter o ímpeto ofensivo visitante, sobretudo nos minutos finais do jogo, quando o Belo buscava o empate. Além disso, foi bastante voluntarioso e, ao lado de William Alves, fez uma partida segura e evitou maiores sustos para os recifenses durante os 90 minutos.

Em meio ao covid, São Bento arranca empate do Criciúma
Em meio ao covid, São Bento arranca empate do Criciúma
Zagueiro:
Pedra (São José-RS) -
No meio do caminha havia uma Pedra. O zagueiro do São José jogou muito bem contra o líder. Pedra parou os atacantes do Brusque. Sem falar que o São José fechou o turno e o returno sem perder dos catarinenses. Pedra fez sua parte e o Zequinha garantiu um ponto.

Lateral-esquerdo:
João Paulo (Tombense) -
O lateral-esquerdo do Tombense se destacou principalmente pelas jogadas ofensivas. Quase deixou seu gol em duas oportunidades, uma delas em cobrança de falta, mas acabou parando no goleiro adversário, que trabalhou muito durante toda a partida.

Volante:
Clayton (Ypiranga) -
Atuando no moderno estilo "box-to-box", o volante do Canário auxiliava sua defesa e aparecia como boa opção ofensiva. Em uma das subidas ao ataque, marcou o segundo gol do Ypiranga na vitória diante do Boa Esporte por 2 a 1, de cabeça, com assistência de Caprini.

Meia:
Daniel Costa (Manaus) -
O Manaus precisou dos acréscimos para virar o placar diante do Jacuipense por 2 a 1 na Arena da Amazônia. E o meia Daniel Costa foi peça importante na equipe, principalmente na bola parada. Logo aos 4', acertou o travessão em cobrança de falta, mostrando a que viria. A partir de um escanteio batido por ele, o Manaus chegou ao gol de empate, abrindo caminho para a virada.

Meia:
Alan Mineiro (Vila Nova) -
Apesar de não ter balançado às redes na vitória do Vila Nova-GO sobre o Ferroviário-CE, pelo placar de 3 a 0, que devolveu o time goiano para a vice-liderança do Grupo A, o meia Alan Mineiro foi o cérebro da equipe. Tanto que todas as jogadas ofensivas passaram por seus pés. Deu outro dinamismo ao ataque desde o primeiro tempo. Acabou substituído no final do jogo.

Atacante:
Tcharlles (Remo-PA) -
Destaque do jogo diante do Imperatriz-MA, foi responsável por boa parte da criação ofensiva remista, infernizando e amarelando o setor defensivo maranhense. Além disso, quando acionado no setor ofensivo, foi oportunista e, ainda no primeiro tempo, marcou dois gols, os quais ajudaram a abrir caminho para a goleada construída sobre o lanterna Cavalo de Aço.

No fechamento da rodada, o Vila Nova venceu o Ferroviário por 3 a 0
No fechamento da rodada, o Vila Nova venceu o Ferroviário por 3 a 0
Atacante:
Caprini (Ypiranga) -
O camisa 7 do Ypiranga infernizou a vida do Boa Esporte. Deu a assistência para o gol de Clayton e criou outras tantas oportunidades. Só não deixou sua marca pois esbarrou em um inspirado Renan Rocha, goleiro da equipe mineira.

Atacante:
Talles (Vila Nova) -
Na noite desta segunda-feira (26), o Vila Nova não teve problemas para vencer o Ferroviário-CE, tanto que fez 3 a 0 no Estádio do OBA, chegou a nove jogos sem derrota e voltou para a vice-liderança do Grupo A. Um dos grandes destaques do duelo foi o atacante Talles, que marcou o primeiro gol e abriu caminho para o bom resultado. Além disso, foi peça fundamental no ataque.

Técnico:
Paulo Bonamigo (Remo) -
Sem dúvidas o técnico da Seleção FI da 12ª rodada da Série C não poderia ser outro, a não ser Paulo Bonamigo. Ele ajudou o Remo a golear o lanterna Imperatriz-MA pelo placar de 5 a 0 e chegar na terceira colocação do Grupo A. Diante de uma equipe frágil, o comandante colocou sua equipe em cima e por isso conseguiu um bom resultado, para seguir na briga pela classificação.