Em queda livre no Grupo B, clube da Série C confirma troca de treinador

Luizinho Vieira deu lugar a Neto Colucci no comando técnico do Volta Redonda-RJ

por Agência Futebol Interior

Volta Redonda, RJ, 26 (AFI) - Lutando pela classificação à segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série C, o Volta Redonda confirmou, ao longo da segunda-feira, troca no comando técnico. Luizinho Vieira deu lugar a Neto Colucci, que estava no Sub-17 do Botafogo, mas que já trabalhou como auxiliar técnico do Sub-20, de gerente da base e auxiliar técnico do profissional no Esquadrão de Aço. Foram três vitórias e um empate nas quatro primeiras rodadas - depois, quatro igualdades e quatro revezes.

"Conversei muito com o Luizinho, que, com muita dignidade como sempre teve, decidiu por entregar o cargo. Agradecemos muito este um ano de trabalho dele no Volta Redonda, onde fez um excelente Estadual, fazendo a segunda melhor campanha da história do clube, garantiu a vaga na Copa do Brasil, acreditou muito na nossa base colocando atletas para jogar, deixa a equipe ainda na briga pela classificação na Série C e, com certeza, deixará muitos ensinamentos no clube", declarou o presidente tricolor, Flávio Horta Júnior, sobre a saída de Vieira e do auxiliar do treinador, Serginho Tanaka.

Neto Colucci
Neto Colucci

O Voltaço aparece na sexta colocação do Grupo B, com 14 pontos, dois abaixo do Criciúma, que fecha o G-4, e volta a campo no domingo (1), às 15h, no Luso-Brasileiro, no Rio de janeiro (RJ), pela 13.ª rodada da primeira fase da Série C, diante do São José.

"Tenho um carinho enorme pelo Volta Redonda, clube que me projetou, e hoje, quando recebi o convite, meu coração falou que eu tinha que atender. Participei da comissão técnica até pouco tempo, conheço muito bem o clube, funcionários, atletas, os garotos da base que estão no profissional e, sem dúvidas, tenho certeza que o nosso elenco é de muita qualidade e podemos conseguir este acesso", disse o novo treinador.

"Temos uma diretoria vencedora e uma torcida que deseja muito esse acesso. Vou pegar um trabalho muito bem encaminhado pelo Luizinho e acredito que precisaremos de alguns ajustes. É hora de união e de tranquilidade para que a gente possa retomar as vitórias", completou.