Ex-meia de Botafogo e Vitória inicia projeto para se tornar treinador

"Estamos estudando as propostas e vendo o melhor caminho a ser traçado para a nova fase", diz o empresário Wesley Moura

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 10 (AFI) - O futebol não sai da vida de Marcelo Camacho. Aposentado dos gramados após uma carreira vitoriosa, o ex-jogador agora terá nova função no esporte, já que iniciou, em 2019, o projeto para se tornar treinador.

Ao lado de Wesley Moura, CEO e fundador da P4 Sports & Management, Marcelo Camacho fez, entre o fim de novembro e o início de dezembro, visitas a clubes do Oriente Médio. E as visitas podem render bons frutos nessa nova empreitada.

Ele é um dos nomes mais cotados para dirigir o Al Shabab. O clube asiático não tem treinador atualmente, e as visitas ao lado de Wesley Moura repercutiram positivamente na Arábia Saudita.

Marcelo Camacho (segundo da esquerda para a direita) e Wesley Moura (último da esquerda para a direita) visitam o Al Shabab
Marcelo Camacho (segundo da esquerda para a direita) e Wesley Moura (último da esquerda para a direita) visitam o Al Shabab

Vale lembrar que Marcelo Camacho é ídolo da torcida local, já que foi meia entre 2007 e 2013 no Al Shabab e conquistou a Copa do Rei Saudita por duas vezes.

"Estamos estudando as propostas e vendo o melhor caminho a ser traçado para a nova fase. Se treinador não é tarefa fácil, e precisamos ver direitinho as melhores opções. As nossas visitas repercutiram muito bem e tenho certeza de que em breve teremos ótimas notícias", explicou o empresário Wesley Moura, que emendou:

Marcelo Camacho (c) e Wesley Moura (e) visitam o Al Hilal
Marcelo Camacho (c) e Wesley Moura (e) visitam o Al Hilal

"Fomos muito bem recebidos pelos clubes que visitamos. Gostamos muito do que vimos em relação a estrutura e organização. Sempre bom ter portas abertas neste mercado tão importante para o esporte", encerrou

Além do Al Shabab, eles também visitaram o Al Faisaly e o Al Hilal, que disputa o Mundial de Clubes.