Seleção Brasileira de Tite não ganha mais de ninguém

Se perder na Coreia do Sul, Tite corre o risco de cair já. O time não tem jogado nada e recebido críticas pesadas de todos os lados

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

Depois da conquista da Copa América de Seleções disputada no Brasil a Seleção de Tite não conseguiu vencer nenhum jogo. Perdeu para Peru e Argentina por 1 a 0 e empatou com Colômbia, Senegal e Nigéria. Ao todo, são cinco amistosos sem uma vitória sequer.

Uma vergonha total se levarmos em consideração que o time brasileiro nessa sequência só teve um adversário de respeito, a Argentina. Jogo que foi disputado na tarde desta sexta feira, em Riad, Arábia Saudita. Placar final de 1x0 em favor dos argentinos foi justo.

NÃO JOGA NADA
O Brasil não jogou nada. Não teve vontade, não teve esquema tático e, principalmente, não teve eficiência ofensiva. Enquanto isso a Argentina que já vinha de três boas exibições, conseguiu mais um resultado positivo diante da equipe dirigida por Tite.

A verdade é que, se já na última C opa do Mundo disputada na Rússia o Brasil não foi bem, depois dela ficou ainda pior. Tite prometeu mudar e renovar, mas não conseguiu deixar de lado seu velho esquema defensivo que marca sua carreira nos últimos anos.

Tite dá as costas para o futebol arte do Brasil. Foto: Lucas Figueiredo
Tite dá as costas para o futebol arte do Brasil. Foto: Lucas Figueiredo

APOSTAS ERRADAS
Além disso, aposta em jogadores errados, que já mostraram não ter potencial para defender uma Seleção Brasileira. Entre eles cito Alex Sandro, lateral esquerdo, Phillippe Coutinho, meia e William, meia e atacante. Eles já foram testados inúmeras vezes e nunca se mostraram dignos de serem titular de nossa Seleção.

Por isso, acho que Já passou da hora de chamar outros nomes para substitui-los. E tem mais. Tite demonstra que não tem coragem de escalar jogadores mais jovens no inicio de uma partida. Isso ocorreu de novo neste jogo diante dos argentinos.

COLOCA OS GAROTOS !
Tite tinha o garoto Rodrygo (ex Santos) e decidiu outro dia um jogo da Liga dos Campeões para o Real Madrid mas preferiu manter Firmino e Gabriel Jesus (que ele e o publico brasileiro já conhecem há muito tempo).

Tite só resolveu mudar mesmo quando havia pouco tempo para mudar o placar. No sufoco, trocou seis jogadores. Mas aí a Argentina que já vencia a partida, fez duas linhas de quatro a frente de seu goleiro e praticamente impediu o Brasil de entrar em sua área.

HERMANOS FORAM MELHOR
Nesta partida os argentinos foram melhores nos dois tempos de jogo. Marcaram melhor e construiram seus contra ataques com inteligência. O Brasil foi um time desarticulado e medroso.

Mereceu a derrota. Agora a Seleção tem só mais um jogo para cumprir. Será terça feira próxima, as 10h30 da manhã, lá nos Emirados Árabes, O adversário será a Coreia do Sul. Uma equipe que já participou de Copas do Mundo, tem sua história no futebol mundial e vai entrar em campo disposta a surpreender.(obrigação de vencer será toda do Brasil!).

Numa dessas, pode até empatar ou vencer nosso time e enterrar de vez o futuro de Tite como treinador de Seleção Brasileira.

C * U * R * T * A * S

* GOL DE Messi para a Argentina foi aos 13 minutos do primeiro tempo em cobrança de pênalti. O pênalti existiu e Messi foi o responsável por sua cobrança. Alisson defendeu o primeiro chute, mas Messi foi rápido e no rebote fez 1 a 0 para seu time.

Messi, por sinal, não jogou tudo o que sabe. Perdeu um gol cara a cara com Alisson, o que, num passado recente, não aconteceria. Ele também não correu o tempo todo como fazia. Pareceu um pouco fora de forma. Ainda assim, foi decisivo no gol e em passes medidos para seus companheiros de time.

OS MELHORES HERMANOS

* TAMBÉM brilharam na equipe da Argentina Pazelle e Otamendi, na linha de zaga, Paredes, no meio campo e Lautero, no ataque. Coletivamente o time argentino também brilhou. Tem um esquema tático que se altera conforme o andamento do jogo e tanto marca como ataca com a mesma eficiência. Essa equipe tem futuro.

O Brasil teve uma boa produção no miolo de zaga com Militão e Thiago Silva. Casemiro foi bem na cabeça de área. Gabriel Jesus lutou muito, mas perdeu um pênalti quando o placar era de zero a zero. Caiu de produção depois disso.

DECEPÇÃO NAS LATERAIS

* NÃO gostei muito dos laterais brasileiros. Danilo ainda fez o feijão com arroz, mas Alex Sandro não jogou um futebol à altura da Seleção. Renan Rodi entrou em seu lugar e foi melhor. Artur não jogou nada. Paquetá também foi uma decepção. William só correu. Mais nada.

Wesley, Fabinho, Phillipe Coutinho, Richarlyson e Firmino não foram bem. Rodrygo que entrou com a bola em movimento, até se esforçou mas não foi o jogador que é no Real Madrid. Tite não dirigiu bem seu time. Está inseguro. Se não ganhar da Coreia, pode perder o cargo.

TITE ABALADO

* TITE estava bem abalado com a derrota. Ele deu entrevista no final do jogo e mostrou que a derrota pesou bastante na sua auto confiança. Ele ainda tentou amenizar o efeito do resultado, mas não conseguiu. Não se sabe o que poderá fazer no jogo de terça contra a Coreia do Sul.

Essa insegurança certamente vai passar para seus jogadores e influir na produção de cada um. Nas redes sociais as criticas ao treinador aumentaram muito. A maioria quer Tite fora da Seleção assim que ele voltar ao Brasil. CBF, por enquanto, não aceita esse essa ideia.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos