Dominada por Náutico e Sampaio, Seleção FI da Série C tem 'intrusos' de Treze e Globo

Entre os times que não conquistaram acesso, os únicos que conseguiram emplacar jogadores foram São José, Treze e até o rebaixado Globo

Publicado em .

Entre os times que não conquistaram acesso, os únicos que conseguiram emplacar jogadores foram São José, Treze e até o rebaixado Globo

Campinas, SP, 09 (AFI) - Acabou a Série C do Campeonato Brasileiro. Campeão, o Náutico vai disputar a Série B no ano que vem, assim como Sampaio Corrêa, Confiança e Juventude, os outros times que conquistaram o acesso. A disputa foi de alto nível e talentos individuais se destacaram durante toda a competição. Sempre de olho, o Portal Futebol Interior acompanhou todos os jogos em tempo real e, como de costume, escalou a Seleção do Campeonato.

Náutico e Sampaio Corrêa são os times com mais representantes no time ideal. Entre os times que não conquistaram o acesso, os únicos que conseguiram emplacar jogadores foram São José, Treze e até o rebaixado Globo, esse último com Negueba como revelação.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA SÉRIE C:

Jefferson (Náutico);

Thiago Ennes (Confiança), Camutanga (Náutico), Paulo Sérgio (Sampaio Corrêa) e Romano (Sampaio Corrêa);

João Paulo (Juventude), Karl (São José), Jean Carlos (Náutico) e Ítalo (Confiança);

Eduardo (Treze) e Salatiel (Sampaio Corrêa).

Técnico: João Brigatti (Sampaio Corrêa)

Revelação: Negueba (Globo FC)

_______________________________________________________________________________________

Foto: Léo Lemos / CNC
Foto: Léo Lemos / CNC

Goleiro: Jefferson (Náutico)
Foi bem desde a primeira fase e cresceu ainda mais na reta final, com defesas importantes nos momentos mais decisivos para o Timbu. Além de ter feito grandes defesas na final contra o Sampaio, defendeu pênaltis nas disputas decisivas do acesso, contra o Paysandu, e da semifinal, contra o Juventude.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Divulgação / AD Confiança
Foto: Divulgação / AD Confiança

Lateral-direito: Thiago Ennes (Confiança)
Aos 23, o lateral revelado pelo Flamengo mostrou quepode evoluir muito e alçar voos maiores na carreira. Jogando a Série C pelo Confiança, mostrou qualidade rara e teve atuações muito sólidas, sem oscilar e melhorando cada vez mais conforme a disputa foi afunilando. Certamente, um dos nomes mais importantes na campanha do acesso.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Léo Lemos / CNC
Foto: Léo Lemos / CNC

Zagueiro: Camutanga (Náutico)
Muito criticado, fezuma campanha de superação, com atuações decisivas e mostrando muita evolução como jogador. Em grande momento, chegou a ser comparado com o português Pepe pelo técnico Gilmar Dal Pozzo, após marcar um gol no primeiro jogo da final contra o Sampaio Corrêa.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Elias Auê / Sampaio Corrêa
Foto: Elias Auê / Sampaio Corrêa

Zagueiro: Paulo Sérgio (Sampaio Corrêa)
Depois de passar por uma série de cirurgias e ficar por um longo período longe dos gramados, Paulo Sérgio viveu uma temporada mágica. Não só conquistou o acesso com o Sampaio Corrêa como foi um dos principais jogadores do time, com atuações brilhantes durante todo o campeonato.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Elias Auê
Foto: Elias Auê

Lateral-esquerdo: Romano (Sampaio Corrêa)
Apesar de ter perdido a posição para João Victor após o acesso, ficando no banco durante as semifinais e as finais, fez o suficiente antes disso para entrar na seleção da rodada. Defendeu e apoio o ataque com muita qualidade, ajudando o time sempre que necessário, com bastante personalidade.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude
Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude

Volante: João Paulo (Juventude)
Não é à toa que o volante é um dos nomes mais queridos pela torcida. Sempre enérgico, une qualidade, vontade e boa marcação. Foi um dos melhores durante o campeonato e destaque do jogo no acesso contra o Imperatriz. Um detalhe é que foi para a partida na base de injeções pra superar dores.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Eduardo Torres / EC São José
Foto: Eduardo Torres / EC São José

Volante: Karl (São José)
Não conseguiu o acesso, mas chamou a atenção em quase todos os jogos que disputou. Sólido na defesa, mostrou consciência no apoio ao ataque e participou de muitos lances importantes, contribuindo com passe e até marcando dois gols. Após o fim da Série C, foi contratado pelo São Caetano.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Léo Lemos / CNC
Foto: Léo Lemos / CNC

Meia: Jean Carlos (Náutico)
Jogador de muita personalidade, foi o cara do Náutico em muitos jogos. Assumiu a responsabilidade vestindo uma camisa pesado e correspondeu rápido, caindo nas graças da torcida. Muito constante, ainda foi decisivo durante a fase da mata-mata até a conquista do título.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Meia: Ítalo (Confiança)
Com grandes atuações, chamou a atenção dos adversários e ganhou elogios de espectadores desavisados. Deixou o nome na história sendo um dos principais jogadores na campanha do acesso do Dragão, que não disputava uma Série B há 28 anos.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Ramom Smith / Treze FC
Foto: Ramom Smith / Treze FC

Atacante: Eduardo (Treze)
Não esteve em nenhum time que conquistou o acesso e sequer avançou de fase. De qualquer maneira, fez menos jogos que os outros concorrentes e terminou a competição como artilheiro, com oito gols marcados, ao lado de Salatiel, Luiz Eduardo e Negueba. Além disso, não fosse ele, é quase certo que o Galo teria sido rebaixado.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Lucas Almeida
Foto: Lucas Almeida

Atacante: Salatiel (Sampaio Corrêa)
Entrou na lista de artilheiros apenas no jogo de volta da final, mas não se destacou apenas por isso. Também chamou atenção por sua entrega dentro de campo e poder de decisão, marcando gols importantes, inclusive na vitória por 3 a 2 sobre o São José, no jogo do acesso.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Elias Auê
Foto: Elias Auê

Técnico: João Brigatti (Sampaio Corrêa)
Ficou com vice-campeonato, mas é técnico da Seleção da Série C pelas dificuldades que enfrentou no comando do Sampaio Correa. Assumiu em situação complicada e recuperou o time na competição. Engatou uma série de sete jogos invencibilidade, com seis vitórias seguidas, e foi o primeiro time a conquistar a vaga para segunda fase com antecedência. No total, foram 15 jogos, oito vitórias, quatro empates e apenas três derrotas.

_______________________________________________________________________________________

Foto: Rhuan Carlos / Globo FC
Foto: Rhuan Carlos / Globo FC

Revelação: Negueba (Globo FC)
Aos 19 anos, foi um dos grandes destaques da primeira fase e acabou sendo contratado pelo Vitória. Mostrou boas qualidades e deu sinais de que pode ser um jogador de grande nível, tanto que mesmo sendo rebaixado com o Globo terminou a competição como um dos artilheiros, com oito gols marcados.