Amazonense: Fast anuncia 'pacotão de reforços' com ex-meia de time do Paulista A3

Os reforços são: os meias Paulinho, Ramonzinho e Léo Mineiro e o goleiro Igor Salles

Publicado em .

Os reforços são: os meias Paulinho, Ramonzinho e Léo Mineiro e o goleiro Igor Salles

Manaus, AM, 06 (AFI) - Depois de oficializar o técnico Wladimir Araújo e o zagueiro Guilherme Möller para a disputa do Campeonato Amazonense, o Fast aproveitou a sexta-feira (06) e em menos de 24 horas, fez mais quatro contratações para 2020. São eles: os meias Paulinho, Ramonzinho e Léo Mineiro e o goleiro Igor Salles.

Dentre eles o mais conhecido é o meio-campista Paulinho. Apesar de ser bastante experiente, com passagens por Comercial - onde disputou o Paulista A3 desta temporada - e pelo Trindade-GO - onde estava neste segundo semestre na disputa da Segunda Divisão Goiana, ele irá fazer a sua primeira passagem pelo futebol do norte do país. O jogaor também acumula passagens por Goiânia, Velo Clube-SP, Flamengo-SP, são Bento-SP, Linense-SP, Marília, Gurupi e Inter de Limeira.

 Fast anuncia 'pacotão de reforços' com ex-meia de time do Paulista A3
Fast anuncia 'pacotão de reforços' com ex-meia de time do Paulista A3
Já Ramonzinho é velho conhecido da torcida fastiana. O jogador que estava no Vênus, onde disputou a Série B do Campeonato Paranense recentemente, atuou no Fast em 2019 durante o estadual e também na Série D. Aos 27 anos, ele também soma passagens por Boa Esporte, Democrata, Rio Branco-AC, Tombense-MG, URT-MG, Tupi-MG, Caldense, América-TO, Izabelense, Castanhal-PA, Macapá-AP e Águia de Marabá.

Léo Mineiro, por sua vez, também tem a experiência ao seu favor. Com 33 anos, ele foi destaque do Nacional durante o Campeonato Amazonense e inclusive marcou dois gols em cima do Rolo Compressor. Em 2019, ainda disputou a Série C do Campeonato Brasileiro pelo Imperatriz-MA e marcou dois gols.

Por fim, o goleiro Igor Salles é uma aposta da diretoria fastena. Com 23 anos, ele foi formado nas categorias de base da Portuguesa. Depois disso, foi se aventurar no norte do país. No primeiro semestre defendeu as cores do Castanhal na disputa do Campeonato Paraense. Depois disso, se transferiu para o Amazonas FC, onde foi campeão da Segunda Divisão Amazonense e de quebra terminou como o goleiro menos vazado.

MODO DE DISPUTA DO ESTADUAL
Assim como na temporada passada, os oito times participantes da elite do Campeonato Amazonense irão jogar dois turnos na primeira fase do estadual. Em ambos, os times se enfrentam no sistema de pontos corridos todos contra todos. Os quatro melhores de cada turno avançam às semifinais de turno. Semis e finais dos turnos são disputadas em jogo único no sistema mata-mata. Se uma mesma equipes vencer os dois turnos, será declarada campeã. Caso não, haverá uma grande decisão.

O Fast estreia no dia 22 de janeiro, contra o Campeão da Série B, que ainda não foi definido. O duelo ainda não tem horário para acontecer e nem estádio confirmado, já que a Federação Amazonense de Futebol ainda não desmembrou a tabela inicial.