CBF se manifesta sobre adiamento de Goiás e São Paulo: 'Determinação de preservar a saúde'

Esmeraldino do Cerrado receberia Tricolor do Morumbi, no estádio Serrinha, em Goiânia (GO), na tarde deste domingo

Publicado em .

Esmeraldino do Cerrado receberia Tricolor do Morumbi, no estádio Serrinha, em Goiânia (GO), na tarde deste domingo

Goiânia, GO, 09 (AFI) - Horas depois da confirmação da suspensão do duelo entre Goiás e São Paulo, que se enfrentariam na tarde deste domingo, no estádio Serrinha, em Goiânia, pela abertura do Brasileirão, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se manifestou sobre a situação.

"A decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de adiar a partida entre Goiás Esporte Clube e São Paulo Futebol Clube, neste domingo, foi guiada pela determinação de preservar a saúde dos jogadores", iniciou.

"O adiamento da partida foi definido assim que chegaram os resultados da contraprova dos testes solicitada pelo Goiás. A contraprova confirmou a contaminação dos atletas que havia sido detectada no exame realizado pelo Hospital Albert Einstein, contratado pela CBF, cujo resultado chegou ao conhecimento do clube e da entidade somente neste domingo pela manhã, em função de um problema de logística do operador dos exames", prosseguiu.

"A Comissão Médica da CBF já determinou à instituição hospitalar que assegure o cumprimento do prazo correto de envio dos resultados dos exames, mantendo a sua qualidade e confiabilidade. A Diretoria de Competições da CBF informará oportunamente a nova data para realização da partida", encerrou.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

RELEMBRE O CASO
Ao longo de todo o dia, o imbróglio se arrastou após os resultados saírem e indicarem que dez atletas goianos, com cerca de oito jogadores titulares, foram diagnosticados com o novo coronavírus. Os donos da casa haviam relacionado 23 nomes para a estreia.

Após o laboratório escolhido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), parceiro do Albert Einstein, alegar falha nas primeiras amostragens na quinta-feira (confira detalhes abaixo, na nota oficial), o Verdão realizou novos exames na sexta e recebeu os resultados apenas na manhã de domingo. Depois, até tentou uma contraprova e, paralelamente a isso, se movimentou para adiar o confronto.

Faltando menos de dez minutos para o início do confronto, previsto para começar às 16h, chegou a informação: o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) mandou suspender o duelo. Pouco depois das 16h, a CBF se manifestou em breve nota divulgada nas redes sociais, confirmando a suspensão do duelo