Jesualdo critica demissão e fala em "pouca coragem" do presidente do Santos

Substituído por Cuca, treinador português detonou a diretoria do Peixe

Publicado em .

Substituído por Cuca, treinador português detonou a diretoria do Peixe

Santos, SP, 09 (AFI) - Jesualdo Ferreira tem um coluna no jornal português O Jogo. Neste domingo, ele usou o espaço para criticar José Carlos Peres, presidente do Santos. O técnico português ainda não digeriu a demissão antes da estreia no Campeonato Brasileiro.

"Quatro jogos seguidos jogando com 10. Eu nunca tinha vivido nada assim, e uma derrota e um empate quando já ganhávamos os jogos, foram interpretados pela direção do clube como a necessidade de mudar. Não o rumo que o clube levava, mas o treinador. Medida muito fácil de tomar, no caso, de pouca coragem do presidente", escreveu ele.

Nada feliz. (Foto: Ivan Storti / Santos)
Nada feliz. (Foto: Ivan Storti / Santos)

Jesulado Ferreira ainda comentou a saída de William Thomas, diretor de futebol, que pediu demissão por não concordar com a demissão do portuga.

"William Thomas, um nome, uma grande pessoa de muito caráter, uma personalidade. Pediu a demissão por não concordar com a minha saída. Na minha carreira nunca conheci ninguém como ele, tão capaz e competente. O clube perdeu a pessoa que podia gerir todo o processo desportivo e comercial de uma marca tão poderosa como o Santos", opinou.

O Santos acertou a volta de Cuca e, neste domingo, o Peixe apenas empatou com o Red Bull Bragantino, por 1 a 1, na Vila Belmiro, na estreia da Série A.