Série B: Atacante do Operário projeta reencontro com a Ponte: "Minha casa"

Roger é o maior artilheiro do século da Macaca e tinha como objetivo encerrar a carreira no clube

Publicado em .

Roger é o maior artilheiro do século da Macaca e tinha como objetivo encerrar a carreira no clube

Ponta Grossa, PR, 17 (AFI) - O confronto entre Ponte Preta e Operário, no próximo sábado, em Campinas, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, vale muito por se tratar de dois times que brigam pelo acesso à elite.

No entanto, será ainda mais especial para o camisa 9 e capitão do Operário. Roger vai reencontrar o clube onde foi revelado e estava até pouco tempo atrás, antes de ser dispensado pela Macaca no início de agosto.

Roger vai reencontrar a Ponte Preta (Foto: José Tramontin/OFEC)
Roger vai reencontrar a Ponte Preta (Foto: José Tramontin/OFEC)
Nas cinco passagens que teve pela Ponte Preta, Roger disputou 201 partidas e marcou 67 gols, se tornando o maior artilheiro do século. Aos 35 anos, o atacante tinha como plano encerrar a carreira no Moisés Lucarelli.

"É sempre especial voltar ao Majestoso. É a minha casa, foi ali que dei meus primeiros passos como atleta, era ali que eu pretendia terminar minha carreira. É especial voltar, jogar contra a Ponte mais não estava na minha ideia de atleta", disse Roger.

Contratado pelo Operário depois de ter rescindido com a Ponte Preta, o experiente atacante disputou quatro jogos nesta Série B e marcou um gol. Fica a expectativa se Roger vai comemorar se balançar as redes neste sábado.

O Fantasma está na sétima colocação, com 15 pontos, dois a menos que a Ponte Preta, terceira colocada.